Foco na Política

Igrejas como atividades essenciais

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Igrejas como atividades essenciais
Igrejas como atividades essenciais

A Câmara de Faxinal aprovou projeto de lei de autoria do presidente do Legislativo, vereador Paulinho Portela (PSD), que reconhece as igrejas, templos religiosos de qualquer culto e as comunidades missionárias como atividades essenciais. Para Paulinho Portela, esses tempos de pandemia exigem de toda a sociedade muita cautela e observância das medidas restritivas no sentido de se preservar a saúde física. 

continua após publicidade

No entanto, é necessário que as pessoas cuidem também da saúde espiritual e psicológica. Desta forma, ele defende a manutenção das igrejas e templos abertos para os fiéis, seguindo os princípios da liberdade religiosa, porém obedecendo-se todas as regras sanitárias.