Foco na Política

Eleições 2022: Dia de definições no PSD

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
A oficialização das candidaturas depende ainda de protocolo das atas das convenções na justiça eleitoral
fonte: Reprodução
A oficialização das candidaturas depende ainda de protocolo das atas das convenções na justiça eleitoral

Dia de definições no PSD 

continua após publicidade

Vereadores, secretários municipais e outras lideranças de Apucarana estarão em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, neste sábado. Todos irão prestigiar a convenção do Partido Social Democrático (PSD), no Expotrade Convention Center, na qual será oficializada a candidatura à reeleição do governador Carlos Massa Ratinho Junior. No mesmo evento, também será referendada a chapa de candidatos a deputado estadual e federal pelo PSD. O ex-secretário de estado da Saúde, o médico Beto Preto, terá seu nome confirmado entre os candidatos a deputado federal. Já o vice-prefeito de Apucarana, o advogado Paulo Vital, ainda é dúvida na chapa dos candidatos à Assembleia Legislativa do Estado pelo PSD.

Convenção do PDT

continua após publicidade

O PDT do Paraná realiza sua convenção estadual neste sábado em Curitiba, com a presença do candidato a presidente, Ciro Gomes, e do presidente nacional do partido, Carlos Lupi. A legenda deve confirmar a candidatura do ex-deputado federal Ricardo Gomyde ao governo do Estado e de Desiree Salgado ao Senado. A candidatura de Ciro Gomes foi homologada em convenção nacional realizada no dia 20 de julho em Brasília. Na ocasião, Ciro anunciou a pré-candidatura de Gomyde ao governo do Paraná. O PDT do Paraná pretende lançar chapa completa para a Câmara Federal, com 31 candidaturas, e o máximo para a Assembleia Legislativa.

“Cabeças do Congresso”

Sete parlamentares do Paraná estão na lista dos 100 ‘cabeças’ do Congresso do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap). São eles os deputados Enio Verri (PT), Gleisi Hoffmann (PT), Gustavo Fruet (PDT), Luisa Canziani (PSD), Ricardo Barros (PP), Rubens Bueno (Cidadania) e o senador Alvaro Dias (Podemos). Os “cabeças” do Congresso são, na definição do Diap, aqueles parlamentares que conseguem se diferenciar dos demais pelo exercício de todas ou algumas das qualidades e habilidades desempenhadas no dia a dia na Câmara e no Senado Federal. 

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News