Foco na Política

Bazana recebe Edson Higa; dentista busca ajuda na Alep

O odontólogo que ganhou repercussão após ser multado pelo choro dos pacientes, pediu apoio do deputado junto a Frente Parlamentar de Defesa da Pessoa com Deficiência da Alep.

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Imagem ilustrativa da notícia Bazana recebe Edson Higa; dentista busca ajuda na Alep
fonte: Reprodução

O odontopediatra Edson Higa, que ganhou repercussão após denunciar que estaria sendo multado pelo condomínio onde mantém um consultório, pelo fato de alguns dos pacientes chorarem durante o atendimento, procurou, na última segunda-feira, ´23, o deputado estadual Pedro Paulo Bazana (PSD).

continua após publicidade

Higa, que exerce a profissão há 30 anos, atende a crianças neurodiversas, a maioria delas, com síndrome de down, paralisia cerebral, autismo, entre outras, de forma humanizada, sem uso de sedativos. Ele afirma que procurou o deputado Bazana para informá-lo a respeito do acontecido em seu consultório e pedir apoio pela causa dos seus pacientes.

“Vim buscar apoio para a causa da acessibilidade para crianças com deficiência. Na verdade, fazer um pedido de socorro, porque estou sendo impedido de exercer o meu atendimento às pessoas com deficiência porque às vezes choram, o que não ocorre sempre, é pontual. Meu desejo é sensibilizar o judiciário, a sociedade e as entidades, a terem um olhar por aqueles que sofrem. Vim pedir para que o deputado informe a Federação das Apaes do Paraná sobre o ocorrido e pedi também para que o deputado analise a possibilidade de realizar uma denúncia pública pelos direitos da cidadania”, informou Higa. 

continua após publicidade

Na sessão plenária da última quarta-feira, 25, Bazana se manifestou a respeito do caso. Em sua fala, ele lembrou que recebeu do dentista uma demanda atinente da defesa da pessoa com deficiência e se comprometeu em buscar uma conciliação para o caso.

“Na condição de coordenador da Frente Parlamentar de Defesa das Pessoas com Deficiência, recebi do Dr. Edson Higa, uma demanda para que olhássemos com atenção uma situação que envolve uma possível afronta nos direitos previstos na Lei Brasileira de Inclusão. Nosso gabinete está analisando a documentação que nos foi apresentada, para avaliar de que forma é possível a intervenção dessa Casa de Leis na mediação do conflito existente, na tutela dos direitos garantidos pela Lei Brasileira de Inclusão. Conclamamos os demais membros do Criai e também da Comissão dos Direitos Humanos, para que façam esse trabalho de forma conjunta, com nosso gabinete, com a Frente Parlamentar, ante ao valoroso trabalho prestado pelo Dr. Edson Higa, que promove a verdadeira inclusão dos seus pacientes, através de um atendimento digno, sem distinções, práticas sedativas ou quaisquer outras técnicas que possam ampliar o sofrimento dos pacientes. Quero dizer ao Dr. Higa que nós estamos juntos nessa caminhada e vamos fazer essa conciliação para que esse atendimento possa continuar”, afirmou Bazana em seu discurso.

O gabinete do deputado informou ainda que a Frente Parlamentar de Defesa das Pessoas com Deficiência deve encaminhar ofício aos envolvidos, solicitando informações, como forma de inicialmente, buscar uma resolução deste conflito de forma consensual.