Mais lidas

    Blogs e Colunas

    Fluídos Positivos

    Fluídos Positivos

    Vamos conhecer a organização angelical?
    Foto por Reprodução
    Escrito por Fernanda Neme
    Publicado em 09.02.2021, 07:55:39 Editado em 09.02.2021, 08:47:02
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    A Bíblia diz textualmente que os anjos existem, tanto é verdade que são citados mais de 300 vezes nas Escrituras, desde Gênesis a Apocalipse. Portanto, vamos falar sobre as hierarquias angelicais dos 72 anjos, divididos em nove grupos ou categorias de acordo com seu grau de perfeição ou elevação espiritual. As primeiras categorias angelicais são aquelas mais próximas de Deus e distante da humanidade. São os serafins, querubins e tronos.

    >A CATEGORIA ANGELICAL DOS SERAFINS

    Estes anjos vivem em um mundo saturado com o esplendor do amor de Deus, por estarem mais próximos a ele; derramam amor, paz, união e luz ao planeta e seus habitantes. Segundo muitos escritos, eles cantam incessantemente louvores e adoração à Santíssima Trindade: "Santo, santo, santo é o Senhor Deus do Universo. O céu e a Terra proclamam a Vossa Glória. Hosana nas alturas..."Seus cantos operam ondas de amor planetárias milagrosas, com a finalidade de limpar as energias trevosas e densas, que estão em volta da Terra.

    >A CATEGORIA ANGELICAL DOS QUERUBINS

    Foram os primeiros anjos, mencionados na Bíblia, quando Deus expulsou Adão e Eva, após se renderem ao pecado. Foram colocados nos portões do Jardim do Paraíso com espadas flamejantes que davam volta em todas as direções, a fim de guardar a Árvore da Vida.(Gênesis 3:24)Acredita-se que o trono do Papa é guardado por quatro querubins.

    O primeiro anjo criado por Deus, Lúcifer, antes de sua queda para as veredas do mau, era um formoso querubim, que comandava todos os anjos, talvez seja por isso que ele teve facilidade em adentrar nos Jardim do Éden, para ludibriar Eva, arrastando toda a humanidade ao pecado. Os querubins são retratados pelos artistas plásticos e escultores, com aspectos infantis, bochechudos e geralmente nus, denotando inocência.

    São também conhecidos, como os famosos anjos cupidos, que irradiam o mais puro amor, quando suas flechas são direcionadas a alguém. Essa categoria angelical é repleta de conhecimentos que recebem de Deus e direcionam sobre a Terra.

    >A CATEGORIA ANGELICAL DOS TRONOS

    Estes anjos são representados nas pinturas como anjos jovens e belos, que levam nas mãos instrumentos musicais como: harpas, cítaras e trombetas. Seus acordes musicais são como os sons de muitas águas ou o barulho de cachoeiras, que vibram em volta do Trono de Deus. Eles têm a função de administrar a justiça de divina, a fim de transformar a consciência Universal, agindo como uma ponte entre o material e o espiritual. Infelizmente, muitos anjos dessa categoria, por livre-arbítrio, passaram para o lado dos anjos caídos, tornando-se inimigo ferrenho de Deus e dos seus princípios divinos.

    ***As outras hierarquias falaremos nas próximas postagens.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Deixe seu comentário sobre: "Vamos conhecer a organização angelical?"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.