A triste trajetória de Jesus  - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Fluídos Positivos

Foto por
Escrito por Lilian Marçal
Publicado em 10.04.2020, 14:11:00 Editado em 10.04.2020, 14:12:11
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

A maior tristeza na vida de Jesus foi ver que um de seus discípulos iria traí-lo... “Judas Iscariotes."

"Jesus já sabia do plano de Judas. E com todos os discípulos reunidos, disse que um deles lhe trairia."(Marcos 14;20-1)
***
Judas se reuniu com os inimigos do Mestre e lhes mostrou o caminho para o jardim do Getsêmani, onde Jesus estava em oração.
Combinou com com seus algozes, que aquele que ele beijasse seria Jesus.


ARREPENDIMENTO: 
Mas tarde ao ver o resultado do que ele havia feito;"entregando um inocente"; procurou os líderes religiosos judaicos para devolver-lhe às 30 moedas de prata que havia vendido Jesus.
Eles riram dele e Judas desesperado enforcou-se,indo diretamente para o Xeol (inferno).


INSTRUMENTOS QUE AÇOITARAM JESUS: 
A flagelação era preliminar da execução em Roma, onde despiam a parte superior da vítima,amarravam-na a um pilar pouco elevado com as costas encurvadas de modo que ao descarregar os golpes sem misericórdia, dilaceravam suas carnes.
>Correias de couro: 
Feita de várias cordas ou correias de couro, no qual se atavam pequenas bolas de ferro ou pedacinhos de ossos de animais.
Quando os soldados açoitavam repetidamente com força,as bolas de ferro causavam profundas contusões e hematomas. Já as cordas de couro com ossos de animais tinham a finalidade de rasgar a pele e dilacerar a carne.


>AÇOITAMENTOS: 
Os açoites atingiam, sobretudo a região lombar de Jesus,levando a ruptura dos alvéolos, fazendo com que Ele mal respirasse e tivesse acessos de vômitos. Depois da flagelação, os soldados faziam as mais cruéis gozações, desde a colocação de uma coroa de espinhos sobre sua cabeça, uma túnica púrpura dobre seus ombros para simbolizar a realeza e uma cana na mão direita como cetro.


>CRUCIFICAÇÃO: 
A crucificação foi o ápice da triste trajetória de Jesus.
Os pregos que transpassaram as mãos e os pés de Jesus tinham mais ou menos 10 centímetros.
Ao ser pregado na cruz pelos soldados romanos a dor era tanta que lhe causavam vertigens.
A agonia de Jesus teve início ao meio-dia e durou até as quinze hora (três horas da tarde), quando com voz embargada pela dor exclamou:" Pai em tuas mãos entrego o meu espírito. "(Lc.44.46)
Dizendo isso expirou...


****
MUITO TRISTE ESSA EXPLANAÇÃO. 
PENSEMOS SERIAMENTE NESTA SEXTA-FEIRA DA PAIXÃO, COMO ANDA NOSSA TRAJETÓRIA ESPIRITUAL...

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "A triste trajetória de Jesus "

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Mais Notícias