​ Ciência e Meditação em sintonia - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Fluídos Positivos

Foto por
Escrito por Lilian Marçal
Publicado em 20.11.2018, 15:10:00 Editado em 20.11.2018, 15:11:39
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

Estudos sugerem que a meditação pode aumentar as energias cerebrais. Sua prática constante tem efeito sobre várias doenças. Nada de defini-la como uma prática alternativa. Isso é um conceito ultrapassado. Hoje ela tem respeito da ciência e frequenta não só hospitais, mais vários locais de cura.

No Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, meditar tornou-se uma das propostas oferecidas aos pacientes da oncologia. Essa modalidade como prática complementar, neste conceituado hospital, faz parte de um projeto coordenado pelo cirurgião Paulo de Tarso Lima, que reúne em seu currículo um programa de Medicina Corpo-Mente. Essa integração tem auxiliando muito no processo de cura.

Também a psicologia está se valendo da meditação como instrumento para diminuir o estresse, a ansiedade, déficit de atenção, entre outros sintomas que atormentam o homem contemporâneo. Através do treino respiratório e da prática do controle mental, exercitando a mente no padrão vazio, escutando somente o ritmo da respiração, tende harmonizar a energia do corpo, estimulando a redução dos sintomas das doenças.

As práticas meditativas em caso de doenças, jamais funcionam sozinhas, elas devem sempre estar agregada a medicina. Em casos mais simples, como estresse, insônia ou outros sintomas, o praticante deve seguir também um ritmo diário, seguindo os mesmos passos. A prática da meditação também está associada à grandes empresas como Google, Ford e General Mills, onde passaram a ensinar seus funcionários a formar grupos antes de iniciarem suas atividades diárias. Com a prática da meditação, houve um excelente resultado. Seria impossível enumerar outras empresas que aderiram essa prática.

A melhor coisa dessa prática, é que ela é acessível a todos, sem custo algum. Com apenas 15, 20 ou 30 minutos pela manhã ou no horário disponível, podem mudar todo seu dia, sua semana e até sua maneira de ver a vida. *Não se aconselha usar esse pratica dirigindo, pois, o corpo entra em um processo total de relaxamento.

Existem vária maneiras de meditar:

*Ouvindo apenas a respiração.

*Inspirando e expirando suavemente

*Ouvindo uma suave música de relaxamento.

*Escolhendo na Internet, onde há vários vídeos sobre o tema.

Qual a posição ideal para se meditar?

Há várias posições, porém a técnica mais conhecida é sentar-se confortavelmente com a coluna ereta. Existem também posições em que a meditação guiada, induz ao relaxamento deitado, só que muitas vezes o praticante tende a dormir. Mas com a prática constante, o corpo vai se reeducando. Existe meditação também para o processo de emagrecimento.

Fontes: revistas Bons Fluidos e Boa forma, e mais algumas informações disponíveis no Google. 

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "​ Ciência e Meditação em sintonia"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Mais Notícias