Facebook Img Logo
  1. Banner
Paulo Cruz
Paulo Cruz

Desenvolvimento Econômico e Integração Regional

Desenvolvimento econômico local/regional é a arte de implementar a capacidade produtiva e de gerar riqueza para seus residentes. A possibilidade de crescimento do produto e, por conseguinte, do aumento da riqueza é impulsionada por meio da implementação de produtividade da mão de obra, reutilização de maior espaço de área produtiva, ou ainda da intensificação do aparato tecnológico técnico, tanto em mão de obra, quanto na exploração de novas áreas e de máquinas e equipamentos.

Ao lado destes fatores, os governos locais/regionais e também as instâncias macro são decisivos para o processo de crescimento e desenvolvimento regional, dadas as suas políticas de planejamento para o desenvolvimento local e regional. Essas políticas, que envolvem atores privados e públicos, passam pela articulação de diversas ações especiais, particulares ou não, dentro do processo de planejamento e integração do desenvolvimento, frequentemente envolvendo as regiões macroeconômicas.

Neste quadro, os atores locais e regionais desenham atividades articuladas, programas e projetos de desenvolvimento, envolvendo a implementação de ações voltadas às empresas individuais chaves, ou de aglomerações empresariais atuando em redes de diversos setores, conforme o alcance de espraiamento do processo de desenvolvimento local/regional. Estes grupos público privados em parceria, mediante cooperação e eficiente coordenação, ainda podem desenvolver políticas que integrem questões comuns, tais como o direcionamento de impostos e arrecadação com a consequente articulação dos gastos do governo local/regional, especialmente voltados ao processo de fomento do desenvolvimento e ampliação do produto com consequente avanço da riqueza local/regional.

A implementação de programas e projetos de políticas que articulem e envolvam o processo de crescimento e desenvolvimento tendem a não acontecer se não houver planejamento nas diferentes instâncias - micro e macro - a médio e longo prazo. O planejamento bem amarrado, envolvendo todas as instâncias, potencializa os avanços de crescimento do produto local/regional e auxilia os atores público privados quanto à maximização de suas energias, empenhando-se em desenvolver ações de cooperação, com prazos e tarefas bem definidas. Esse tende a ser o caminho para ampliação do processo de crescimento e desenvolvimento das instâncias de macro até às micro.

O desenvolvimento local/regional tem tido sua responsabilidade deixada em grande medida aos governos locais e à sua expertise de integração regional. Uma grande preocupação desses governos tem sido assegurar os empregos existentes e ampliá-los, trabalhando a qualidade dos empregos, fazendo com que esses envolvam maior aporte tecnológico. Além disso, os governos locais/regionais precisam ajustar seus processos tributários de arrecadação, como forma de alavancar o processo de crescimento e desenvolvimento e, ao mesmo tempo, buscar a diversificação de sua economia local/regional, a fim de proteger-se contra crises futuras.

Para isso, os governos locais e regionais precisam afinar suas parcerias público privadas, estabelecendo estratégias para o desenvolvimento local/regional, com ações bem definidas e coordenadas em: "quem faz o quê". E ainda, acompanhar as ações de integração entre os atores locais regionais, trabalhando junto com as fundações e entidades de coordenação e apoio setoriais, aproveitando-se de todo o aparato tecnológico existente, buscando ampliar a capacitação tecnológica desses atores. Serão eles provavelmente os responsáveis por propiciar o salto tecnológico que as economias locais precisam. Desenvolver as empresas e a região a cada ciclo econômico vivido, gerar empregos e renda, bem como potencializar as riquezas é um grande processo, que envolve diferentes atores, planejamento e acompanhamento de ações bem amarradas e coordenadas.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo.
Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Paulo Cruz
Paulo Cruz
Doutor em Economia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), professor do Departamento. de Economia da Universidade Estadual do Paraná (Unespar), campus de Apucarana.
×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber