Tribuna do Norte Online
Saiba Agora
Últimas notícias
    Você está em

    Ivaiporã

    Saúde de Ivaiporã discute evolução do Covid-19

  • Equipe de saúde e prefeito Miguel Amaral
    Foto por Divulgação
    Escrito por Adriana Savicki
    Publicado em 19/05/2020 Editado em 19/05/2020

    A Prefeitura de Ivaiporã alerta a população, por intermédio do Departamento Municipal de Saúde e da Vigilância Epidemiológica, que as medidas que visam evitar a contaminação por coronavírus devem ser mantidas, tais como uso de máscara, álcool 70% e o distanciamento social. Caso contrário, poderão surgir mais casos positivos. O alerta é dado especialmente por causa da quantidade de casos positivos em outras cidades polo do Paraná. A situação epidemiológica foi discutida pela equipe de saúde. O município tem 11 casos confirmados de covid-19 e dois óbitos.

    O diretor do Departamento Municipal de Saúde, Claudeney Martins, explicou que as estratégias adotadas, há cerca de 60 dias, demonstram bons resultados, o que é muito importante. “O comércio e a população, que estão de parabéns pelas medidas adotadas, não podem recuar nos cuidados pessoais. Afinal, o município não é uma ilha e diariamente circulam pessoas a trabalho ou a lazer que se deslocam dos grandes centros, onde há um número significativo de casos positivos”, alertou Claudeney Martins.

    A coordenadora de Vigilância Epidemiológica, Nilza Fernandes, reforçou que não é o momento de retroceder nos cuidados. “A quantidade de pessoas que circulam em Ivaiporã – especialmente nos finais de semana e feriados – é muito preocupante. Por isso, volto a pedir que se desloquem se for realmente necessário. O ideal seria permanecer isolada, por 7 dias, quando a pessoa se desloca de área com grande contaminação. E qualquer sintoma gripal deve procurar o Centro de Triagem Coronavírus na Unidade de Pronto Atendimento”, insistiu Nilza Fernandes.

    O mapa de calor no Boletim Covid-19 da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) indica a quantidade de casos de coronavírus em cada município. No caso da 22ª Regional de Ivaiporã indica “amarelo”. O farmacêutico bioquímico da Vigilância Epidemiológica de Ivaiporã, Fabiano Ricardo da Silva, comentou que na macrorregião os municípios que mais preocupam são Maringá e Londrina. “Causa preocupação devido à quantidade de pessoas que circulam entre Ivaiporã, Maringá e Londrina por questões de trabalho ou motivos particulares”, observou Fabiano Silva.

    O enfermeiro responsável pela Atenção Básica, João Felipe Marques, disse que Maringá, Londrina e Arapongas são referências para Ivaiporã em diversas especialidades. Maringá, por exemplo, é referência para atendimento psiquiátrico. “Esta semana, o Hospital Psiquiátrico foi interditado após surto de coronavírus. Dos 60 funcionários que fizeram o exame 17 foram positivos. Além disso, 7 pacientes também testaram positivo e outros 10 apresentaram sintomas da doença”, contou o enfermeiro, aconselhando a população evitar visitar familiares, amigos e passeio a shopping.

    “A situação em Ivaiporã parece confortável. Mas é preciso lembrar pode haver casos assintomáticos. Por isso, não manifesta sintomas e nem precisa de internação. No entanto, pode transmitir Covid-19”, advertiu João Felipe Marques.

    Áurea Rocha Carneiro, que é técnica em enfermagem do Departamento Municipal de Saúde, se mostrou preocupada com a possibilidade de haver algumas pessoas com receio de procurar atendimento, embora com sintomas, por medo de precisar se isolar por 14 dias e se prejudicar no trabalho.

    Prefeito Junior da Femac revela bairros onde há circulação do vírus

    Prefeito Junior da Femac revela bairros onde há circulação do vírus

    TNTV

    Prefeito Junior da Femac revela bairros onde há circulação do vírus

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!

    Deixe seu comentário sobre: "Saúde de Ivaiporã discute evolução do Covid-19"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

    Principais matérias