Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Sistema de Apucarana pode virar referência estadual

Loading...

ASSISTÊNCIA À MULHER

Sistema de Apucarana pode virar referência estadual

Integrantes da Câmara Técnica Pacto Mulher: Viver Sem Violência do estado do Paraná estiveram recentemente em Apucarana, onde conheceram o Centro de Atendimento à Mulher (CAM). Durante a visita, chamou a atenção dos técnicos de Curitiba o sistema utilizado para cadastro de vítimas. A experiência de Apucarana foi apresentada e debatida nesta semana, em Curitiba, e a intenção é difundir o modelo apucaranense para todo o Estado.

A possibilidade de adotar o modelo de Apucarana foi levantada no início do mês, quando Terezinha Beraldo, coordenadora da Câmara Técnica Pacto Mulher: Viver Sem Violência do Estado do Paraná, esteve em Apucarana, acompanhada da sua equipe e de Juliana Eliza, diretora do Escritório Regional da Secretaria da Família e Desenvolvimento Social do Estado.

Nesta semana, a experiência de Apucarana foi debatida, em Curitiba, em reunião que contou com a presença de representantes da  Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social do Estado do Paraná e da Coordenação da Política da Mulher do Estado do Paraná. O Centro de Atendimento à Mulher foi representando neste encontro pela secretária Municipal da Mulher e Assuntos da Família, Denise Canesin Machado.

“Ficamos muito honrados e orgulhosos, por nosso sistema para cadastro de vítimas ter tido esse reconhecimento. Foi um trabalho muito bem feito pela nossa equipe, os quais não medem esforços para atender bem a todas as mulheres apucaranenses em todos os âmbitos. Estamos felizes por conseguirmos chegar a nível estadual, numa segunda fase de um processo tão minucioso, o que para nós é sinal de que estamos no caminho certo”, ressalta Denise.

  “No início de fevereiro, nos foi apresentado o sistema de cadastro utilizado pelo município de Apucarana, o qual possui uma ótima interface de cadastro, visual e interatividade com o usuário. Estamos verificando a possibilidade do desenvolvimento de um Sistema de Cadastro de Vítimas de Violência para ser implantado nos centros de referência ou até mesmo uma parceria para implantação do sistema já utilizado pelo município de Apucarana”, afirma Alexandre Mitarai, técnico da T.I. da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social do Estado do Paraná.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias