Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Comissão de Ética instaura investigação contra Bendine

Loading...

POLíTICA

Comissão de Ética instaura investigação contra Bendine

GUSTAVO URIBE

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A Comissão de Ética da Presidência da Presidência da República instaurou nesta segunda-feira (31) inquérito para apurar eventual improbidade administrativa cometida pelo ex-presidente da Petrobras Aldemir Bendine, preso na última quinta-feira (27).

A investigação é baseada na delação premiada de executivos da Odebrecht, segundo os quais ele teria solicitado R$ 3 milhões em propina a fim de proteger a empreiteira em contratos da estatal.

Segundo os delatores Marcelo Odebrecht e Fernando Reis, os pagamentos foram feitos em três parcelas, em espécie, em junho e julho de 2015.

Bendine, André Gustavo e seu irmão, Antônio Carlos Vieira da Silva Jr., foram presos temporariamente. Antônio Carlos foi detido no Recife, ao sair para uma caminhada na praia, pela manhã.

Os irmãos foram operadores dos pagamentos a Bendine: foram eles que receberam os R$ 3 milhões em espécie, num apartamento em São Paulo.

Eles também firmaram um contrato de prestação de serviços de consultoria com a Odebrecht, no valor exato da propina -contrato que os investigadores consideram ser fraudulento.

Com a abertura da investigação, foi concedido prazo de dez dias para que o ex-presidente da Petrobras apresente a sua defesa.

Caso seja constatado desvio ético, o órgão federal poderá aplicar a Bendine sanção de repreensão pública, uma espécie de mancha no currículo, mas que não o impede de exercer novos cargos públicos.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias