Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Debate sobre eleição interna opõe presidente e tesoureiro do PT

Loading...

POLíTICA

Debate sobre eleição interna opõe presidente e tesoureiro do PT

CATIA SEABRA, MARINA DIAS E ANGELA BOLDRINI

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O encontro nacional do PT, nesta quinta-feira (1), foi marcado por um constrangimento entre o presidente e o tesoureiro do partido.

O tesoureiro do PT, Márcio Macedo, discordou publicamente do encaminhamento dado pelo presidente do partido, Rui Falcão, ao debate sobre a eleição interna da sigla.

Em janeiro, na definição da pauta do encontro que se encerra neste sábado, o partido aprovou um regimento segundo o qual o modelo de eleições internas ficaria fora do atual congresso.

A tendência de Macedo discorda que essa discussão seja travada neste momento, o que poderia provocar a redução de sua corrente.

Mas a força que quer a mudança dos critérios insiste para que seja discutida já. Ao levar o tema à discussão, Falcão sinalizou com a possibilidade de apoiar que o debate aconteça neste momento.

Contrariados, Macedo e o presidente do PT de São Paulo, Emídio de Souza, subiram ao palco para protestar.

Macedo disse que não admitia que o acordo de janeiro fosse abordado com descaso.

"Cedemos em janeiro em nome de um acordo. Não vamos permitir que, neste momento político, fiquemos aqui discutindo eleição interna", repete Macedo.

Após a intervenção do tesoureiro, Falcão se desculpou e disse que apresentou o tema da maneira que lhe foi encaminhado pelo grupo de Macedo.

O assunto volta a debate nesta sexta-feira (2).

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias