Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Lula fez alerta a Moro no fim do depoimento

Loading...

POLíTICA

Lula fez alerta a Moro no fim do depoimento

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ao final do depoimento nesta quarta (10), ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou o juiz Sergio Moro por decisões tomadas por ele, como o fato de ter sido alvo de condução coercitiva e o vazamento de gravações envolvendo sua mulher, Marisa.

"O senhor sem querer talvez entrou nesse processo. Porque o vazamento de conversas da minha mulher e com meus filhos foi o senhor que autorizou. Eu não tinha o direito de ter minha casa molestada sem que eu fosse intimidado para uma audiência, doutor. Ninguém nunca me convidou. De repente, eu vejo um pelotão da PF, levantaram até um colchão da minha casa achando que eu tinha dinheiro, doutor", disse Lula.

Ele, ao finalizar seu depoimento, fez também um alerta a Moro: "Eu queria lhe avisar uma coisa: esses mesmos que me atacam hoje, se tiverem sinais de que eu serei absolvido, prepare-se, porque os ataques ao senhor vão ser muito mais fortes", afirmou.

Moro respondeu: "Infelizmente, eu já sou atacado por bastante gente, inclusive por blogs que supostamente patrocinam o senhor. Então, padeço dos mesmos males em certa medida", declarou o juiz.

Lula chegou a alfinetar Moro no depoimento ao lembrar da soltura do doleiro Alberto Youssef, que voltou a cometer crimes após firmar um acordo de colaboração no caso do Banestado, na década passada.

O juiz insistiu em perguntas sobre o grau de conhecimento do petista sobre irregularidades cometidas por ex-diretores da Petrobras, e Lula disse: "Nem eu nem o senhor, nem o Ministério Público, nem a Petrobras, nem a imprensa, nem a Polícia Federal. Todos nós só ficamos sabendo quando foi pego no grampo a conversa do Youssef com o Paulo Roberto [Costa]."

Moro disse: "O senhor que indicou ele ao Conselho de Administração da Petrobras. É uma situação diferente de mim, que não tenho nada a ver com isso, nunca participei disso."

Lula responde: "O senhor que soltou o Youssef e mandou grampear. Poderia saber mais do que eu."

O juiz responde que decretou a prisão de Alberto Youssef, "o que é um pouco diferente".

Em outro momento do interrogatório, Moro disse que Lula "tem que reclamar com sua sucessora".

"Adoraria ter sido convidado para a inauguração [da refinaria Abreu e Lima], mesmo quando começaram as denúncias da Lava Jato. Adoraria ter ido lá fazer um discurso para o povo de Pernambuco do significado da refinaria. Prenda-se o ladrão, mas deixa a refinaria produzir riqueza nesse rincão tão esquecido do Brasil", disse Lula.

E continuou: "Doutor, eu não fui convidado para a Copa do Mundo, que fui eu que trouxe para cá. Eu não fui convidado para as Olimpíadas. Ex-presidente, doutor... Não queira ser ex-ministro, ex-juiz que o senhor vai ver o que vai lhe acontecer", afirmou.

Então Sergio Moro comentou: "O senhor ex-presidente aí tem que reclamar com a sua sucessora, né?"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias