Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Fernando Capez recebeu R$ 100 mil não declarados, dizem delatores

Loading...

POLíTICA

Fernando Capez recebeu R$ 100 mil não declarados, dizem delatores

REYNALDO TUROLLO JR.

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O deputado estadual e ex-presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo Fernando Capez (PSDB) foi acusado por delatores da Odebrecht de receber recursos não declarados para sua campanha eleitoral em 2010.

Segundo os delatores Benedicto Júnior, o BJ, e Carlos Armando Paschoal, o CAP, o tucano foi destinatário de R$ 100 mil pagos em três parcelas pelo Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht, conhecido como "departamento da propina".

As transações, segundo a Procuradoria Geral da República, foram registradas no "Drousys", um sistema eletrônico utilizado para controlar os repasses ilegais a políticos.

Em despacho no último dia 4, o ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal), determinou o envio dos depoimentos ao TRF-3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região) e à Procuradoria da República em São Paulo.

O STF tornou os documentos públicos na noite desta terça-feira (11).

O envio para instância inferior da Justiça ocorreu porque Capez, como deputado estadual, não detém prerrogativa de foro perante o Supremo.

As investigações sobre o suposto pagamento não declarado deverão transcorrer em São Paulo. Capez presidiu a Assembleia Legislativa do Estado até o último dia 15 de março.

Recentemente, o tucano foi alvo do Ministério Público paulista na Operação Alba Branca, deflagrada em janeiro de 2016. A operação investiga um suposto esquema de fraudes na compra de suco para merenda escolar da rede estadual.

A apuração da Alba Branca ainda não foi concluída. Como Capez tem foro perante o Tribunal de Justiça paulista, a investigação está sob responsabilidade da Procuradoria Geral de Justiça de São Paulo.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias