Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Cabral é condenado por conceder benefício fiscal irregular

Loading...

POLíTICA

Cabral é condenado por conceder benefício fiscal irregular

- Atualizado em 06/10/2016 21:10

ITALO NOGUEIRA

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB) foi condenado em segunda instância a ressarcir os cofres públicos por, segundo a Justiça, conceder isenção fiscal de forma irregular à empresa francesa Michelin.

Os benefícios fiscais de R$ 1 bilhão foram concedidos em 2010 e adiavam, sem prazo determinado, o recolhimento do imposto devido na aquisição de maquinário para ampliação da fábrica da empresa, em Itatiaia (RJ).

A Folha de S.Paulo revelou em 2011 que o benefício foi dado dois meses após a Michelin ter doado R$ 200 mil à campanha de reeleição de Cabral ao governo do Rio, em 2010.

Foi a primeira e única doação eleitoral da empresa francesa no Brasil. O decreto que concedia o incentivo foi publicado em novembro de 2010, logo após a reeleição do peemedebista. Cabral e Michelin negaram à época relação entre a doação e o incentivo fiscal.

Em março, as 12ª Câmara Cível já havia declarado como irregular a concessão do benefício fiscal. Houve divergência, porém, em relação à necessidade de ressarcimento aos cofres públicos.

Na terça-feira (4), por 3 votos a 2, decidiu-se que Cabral e a empresa francesa deveriam devolver ao erário o benefício usufruído até hoje. O cálculo ainda será feito pela Justiça, quando o caso transitar em julgado. Ainda cabe recurso ao STJ (Superior Tribunal de Justiça) e ao STF (Supremo Tribunal Federal).

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

ARAPONGAS 06/12

VICTOR FUGANTI, 94 ANOS

ANTÔNIO JACOMETO, 81 ANOS

GUILHERME GONÇALVES SOARES, 17 ANOS

APUCARANA 05/12

APUCARANA YOSHIMATSU NIKI, 99 ANOS
JOSÉ BECEL, 80 ANOS
SULINA ANTÔNIO DA SILVA, 82

MEGA SENA

CONCURSO ·