Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Réu no STF, novo ministro do Turismo diz que não cometeu nenhum crime

Loading...

POLíTICA

Réu no STF, novo ministro do Turismo diz que não cometeu nenhum crime

GUSTAVO URIBE

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O novo ministro do Turismo, Marx Beltrão, afirmou nesta quarta-feira (5) que não cometeu nenhum crime e disse acreditar que será absolvido pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

Nome indicado pelo presidente do Senado Federal, Renan Calheiros (PMDB-AL), o novo ministro é réu na Suprema Corte por falsidade ideológica, acusação de quando era prefeito de Coruripe (AL).

Em entrevista à imprensa, o ministro disse que não cometeu "nenhum tipo de dano ao erário" e que responde ao processo por um "erro administrativo".

"Tenho plena convicção e absoluta certeza de que serei absolvido, porque não cometi nenhum tipo de crime nem dano ao erário", afirmou.

A nomeação do ministro, deputado federal do PMDB de Alagoas, faz parte de esforço do presidente Michel Temer para aprovar na próxima semana a proposta do teto de gastos públicos na Câmara dos Deputados.

O nome do parlamentar era cotado para o posto desde junho. Na época, o Palácio do Planalto pediu para a Abin (Agência Brasileira de Inteligência) fazer uma pesquisa sobre o histórico profissional e pessoal do parlamentar.

Na pesquisa, o órgão federal encontrou o processo, mas o Palácio do Planalto concluiu que o episódio é menor e que, neste momento, é melhor sofrer o desgaste com a nomeação do que com uma derrota na votação do teto de gastos.

O Ministério do Turismo estava vago desde a demissão de Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), que foi citado por delatores da Lava Jato.

Antes de Beltrão, o governo federal chegou a cogitar a indicação de Vinicius Lages, ex-ministro da pasta e afilhado político do presidente do Senado Federal. Com a exigência da bancada peemedebista de que fosse um deputado federal, o nome de Lages foi descartado.

VISTOS

Em discurso, o novo ministro defendeu a extensão do prazo de isenção de visto para entrar no Brasil a turistas dos Estados Unidos, Canadá, Austrália e Japão.

Ele lembrou que a decisão foi tomada durante a Olimpíada do Rio de Janeiro e pregou que ela deve ser adotada também para outros países, mas não deu detalhes.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 19/02

LAZARO HESS, 61 anos 
LUIZ ANTONIO AMADO, 64 anos

CALIFÓRNIA 19/02

AVELINA RODRIGUES PEREIRA, 87 anos

NOVO ITACOLOMI
SILVANIA MARIA DE ALMEIDA, 69 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1904 · 18/02/2017

12 15 18 21 51 56