Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Temer diz que votos nulos e abstenções pressionam por reforma política

Loading...

POLíTICA

Temer diz que votos nulos e abstenções pressionam por reforma política

- Atualizado em 03/10/2016 19:10

ISABEL FLECK, ENVIADA ESPECIAL

ASSUNÇÃO, PARAGUAI (FOLHAPRESS) - Ao chegar ao Paraguai para sua primeira visita bilateral ao país nesta segunda (3), o presidente Michel Temer disse que o "número imenso" de abstenções e de votos brancos e nulos mostra a "necessidade indispensável" de passar uma reforma política no Congresso.

Temer, que já havia falado sobre essa relação em sua escala em Buenos Aires, nesta segunda (3), indica que deve aproveitar esses números para tentar avançar o debate sobre a reforma política no parlamento.

"Devo registrar uma preocupação: acabei de verificar um número imenso de abstenções, votos em branco e nulos , o que revela o que ouso dizer a indispensável necessidade de uma reforma política do país", disse Temer. "Algo que penso que o Congresso Nacional deve cuidar com muita propriedade."

Só em São Paulo, 34,7% dos eleitores aptos a votar não foram às urnas ou votaram em branco ou nulo.

Questionado sobre o desempenho de João Doria (PSDB), que venceu a eleição no primeiro turno em São Paulo, o chanceler José Serra não quis comentar. O ministro apoiava seu amigo Andrea Matarazzo nas prévias tucanas.

Temer foi recebido no aeroporto de Assunção pelo chanceler paraguaio, Eladio Loizaga, e se reúne nesta noite com o presidente Horacio Cartes na residência oficial. Logo após o jantar oferecido por Cartes, Temer embarca de volta para Brasília.

Na comitiva, estão, além do chanceler José Serra, os ministros Raul Jungmann (Defesa), Alexandre de Moraes (Justiça), Sérgio Etchegoyen (Gabinete de Segurança Institucional) e Marcos Pereira (Desenvolvimento, Indústria e Comércio).

Também participam da viagem à Argentina e ao Paraguai os senadores Lasier Martins (PDT-RS) e Zezé Perrella (PTB-MG) e os deputados Roberto Freire (PPS-SP) e Luiz Carlos Heinze (PP-RS).

Pela manhã, um grupo de cerca de 20 paraguaios protestou em frente à embaixada brasileira contra a visita do presidente, com faixas com os dizeres "Fuera Temer golpista".

FRONTEIRA

O interesse brasileiro em liderar um esforço no controle de fronteiras na região deve dominar a reunião entre os presidentes. A ideia é coordenar, regionalmente, ações de combate ao narcotráfico e ao contrabando.

O governo brasileiro está articulando, para a primeira semana de novembro, uma reunião em Brasília com os ministros de Paraguai, Argentina, Uruguai e Bolívia responsáveis pelas áreas envolvidas no tema, como Defesa, Interior e Justiça.

Outro tema do encontro será o comércio bilateral. Nos últimos três anos, os investimentos brasileiros no Paraguai somaram cerca de US$ 350 milhões.

Os principais atrativos do Paraguai são uma carga tributária menor, além de terra, mão de obra e energia mais baratas.

No último sábado, a JBS inaugurou um terceiro frigorífico no país, com cerca de 400 funcionários. Outras empresas brasileiras, nas áreas de vestuário, autopeças e brinquedos, estão construindo fábricas no país.

Há a expectativa que os dois governos anunciem na noite de segunda um acordo para melhorar a conexão de internet no Paraguai, com fornecimento do Brasil, aproveitando a linha de transmissão de Itaipu a Assunção, que já possui fibra ótica.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 05/12

YOSHIMATSU NIKI, 99 anos

SULINA ANTONIA DA SILVA, 82 anos

JOSE BECEL, 80 anos

APUCARANA 04/12

ONOFRE CIUFFI, 78 anos
TEREZINHA ARAUJO SOARES, 69 anos
ANGELINA MENEO PALUSSIO, 91 anos 
DIONISIO REMES, 60 anos
NATIMORTO, 0 anos
LINDOLFO HEINZ, 72 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1882 · 03/12/2016

09 10 19 35 37 41