Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

João Leite mantém liderança em Belo Horizonte, com Kalil na segunda posição

Loading...

POLíTICA

João Leite mantém liderança em Belo Horizonte, com Kalil na segunda posição

JOSÉ MARQUES

BELO HORIZONTE, MG (FOLHAPRESS) - Os dois primeiros colocados nas intenções de voto pela Prefeitura de Belo Horizonte chegaram às vésperas do primeiro turno sem ter a liderança ameaçada, aponta pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (1º). O candidato do PSDB, João Leite, tem 39% dos votos válidos, e o do PHS, Alexandre Kalil, 23%.

Nesse caso, não são contabilizados os eleitores que dizem votar em branco, nulo e os indecisos. Se o cálculo levasse em conta, Leite e Kalil estariam com 31% e 19%, respectivamente.

Na pesquisa anterior, publicada na terça (27), Leite tinha 32% das intenções de voto e Kalil, 18%. Ambos mantêm vantagem sobre os outros nove candidatos desde o primeiro levantamento, feito em agosto.

Na simulação de segundo turno feita pelo instituto, Leite pontua 48% contra 28% de Kalil.

Os dois concorrentes eram nomes conhecidos na capital mineira quando a disputa começou. O tucano é deputado estadual, tem o apoio do senador e ex-governador Aécio Neves (PSDB) e já concorreu à prefeitura outras duas vezes. Ele também foi goleiro do Atlético-MG nas décadas de 1970 e 80.

Já Kalil é empresário e também tem uma relação próxima ao Atlético: presidiu o clube de 2008 a 2014. O ex-cartola tem dito na campanha que "não é político".

Alvo da maior parte dos ataques dos concorrentes, Kalil tem a maior rejeição (37%), seguido por João Leite (26%).

OUTROS CANDIDATOS

Em terceiro lugar aparece o deputado federal Rodrigo Pacheco (PMDB), com 8% dos votos válidos. O peemedebista, que não havia pontuado na primeira pesquisa, teve a campanha mais cara de Belo Horizonte, segundo registro do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) deste sábado, com despesas de R$ 6,7 milhões.

Pacheco está em empate técnico com o deputado federal Reginaldo Lopes (PT), que tem 7%, e o vice-prefeito Délio Malheiros (PSD), com 5%, já que a margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Logo abaixo, o deputado federal Eros Biondini tem 4% dos válidos. Outros quatro candidatos pontuaram 3%: os deputados federais Marcelo Álvaro Antônio (PR) e Luis Tibé (PT do B), o estadual Sargento Rodrigues (PDT) e a professora Maria da Consolação (PSOL).

A candidata do PSTU, Vanessa Portugal, tem 1%. A pesquisa Datafolha foi feita nesta sexta (30) e neste sábado, quando foram entrevistadas 1.751 pessoas. O levantamento está registrado no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) sob o protocolo MG-01686/2016.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

BOM SUCESSO 15/01

ANTÔNIO SOUZA CARDOSO, 70 anos

APUCARANA 15/01

GENIPE RODRIGUES DE OLIVEIRA, 96 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1894 · 14/01/2017

21 31 35 53 54 57