Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Russomanno quer recriar 'Rota' da Guarda Civil Metropolitana

Loading...

POLíTICA

Russomanno quer recriar 'Rota' da Guarda Civil Metropolitana

- Atualizado em 02/10/2016 07:18

ARTUR RODRIGUES

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O candidato a prefeito de São Paulo Celso Russomanno (PRB) disse neste sábado (1º) que vai recriar a Rota da GCM (Guarda Civil Metropolitana), que existia na década de 1990 na gestão de Paulo Maluf (PP).

"A Romu, que são as rondas ostensivas municipais, amparado na lei que dá poder de polícia preventiva, vai voltar", disse Russomanno, em agenda de campanha em Santo Amaro (zona sul de SP). "Serão viaturas com quatro guarda civis metropolitanos".

A Romu foi criada por Paulo Maluf em sua gestão como prefeito, de 1993 a 1997.

Conhecido pela frase "vou botar a Rota na rua", ele criou uma imitação da tropa de elite da PM. Os guardas usavam sobretudos e boinas, como os PMs da Rota, além de carros parecidos.

O modelo de uma guarda com atuação similar à PM foi copiado por várias cidades da Grande SP. Nesses locais, essa atuação gerou vários confrontos com policiais que julgavam que os guardas-civis estavam invadindo sua área de atuação.

Nos mandatos que se seguiram, cada prefeito tentou transformar a GCM na cara de sua gestão.

Na gestão de Gilberto Kassab (PSD), a GCM focou na fiscalização de camelôs. Quando Fernando Haddad (PT) assumiu, deslocou os guardas para os parques e praças.

SEGUNDO TURNO

O candidato afirmou também estar confiante de que chegará ao segundo turno. "Nessa segunda eleição estou mais experiente. A campanha foi ótima, a gente andou por toda a cidade, zona sul, zona leste, zona oeste. Trabalhamos bastante, ouvimos as pessoas."

Russomanno também afirmou que sua gestão será focada em parceria com o cidadão para fiscalizar as empresas, por meio de aplicativos. Citou exemplos de companhias de limpeza e também de concessionárias que não tapam direito os buracos de obras pelas ruas da cidade.

"Sem a parceria com morador, cidadão, associações comunitárias fica muito difícil fiscalizar. Quando você chama as pessoas é mais fácil", disse.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

ARAPONGAS 06/12

VICTOR FUGANTI, 94 ANOS

ANTÔNIO JACOMETO, 81 ANOS

GUILHERME GONÇALVES SOARES, 17 ANOS

APUCARANA 05/12

APUCARANA YOSHIMATSU NIKI, 99 ANOS
JOSÉ BECEL, 80 ANOS
SULINA ANTÔNIO DA SILVA, 82

MEGA SENA

CONCURSO 1883 · 07/12/2016

16 27 28 47 59 60