Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Governo diz que operação contra Lula tenta acuar a presidente Dilma

Loading...

POLíTICA

Governo diz que operação contra Lula tenta acuar a presidente Dilma

VALDO CRUZ
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A avaliação do governo Dilma é que o Ministério Público e a Polícia Federal decidiram reagir e mandar recados ao Palácio do Planalto depois da troca de comando no Ministério da Justiça e desencadearam as operações dos últimos dias, principalmente a desta sexta-feira (4) contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
"Não há coincidências neste mundo, tudo faz parte de uma reação depois que a presidente Dilma tirou o ministro José Eduardo Cardozo do Ministério da Justiça", disse reservadamente um assessor presidencial, que logo cedo já estava se dirigindo para o Palácio do Planalto para reunião com a presidente.
Para o Palácio do Planalto, tanto o vazamento da delação do senador Delcídio do Amaral (PT-MS) como a operação desta sexta tendo como alvo Lula fazem parte de uma mesma estratégia de "acuar" o governo e mandar recados de que nada irá parar a Operação Lava Jato.
Um assessor lembrou que o vazamento da delação de Delcídio ocorreu no dia em que estava marcada a posse do novo ministro da Justiça, Wellington César Lima e Silva, na quinta-feira (03), que substituiu o petista José Eduardo Cardozo.
O PT e o ex-presidente Lula pressionavam a presidente Dilma a demitir Cardozo, avaliado pelos petistas como um ministro fraco, que não conseguia nem mesmo ter conhecimento antecipado das operações da Polícia Federal.
A saída de Cardozo foi vista, por procuradores e policiais, como um risco de interferência do governo no comando da Polícia Federal, que é subordinada ao Ministério da Justiça.
O auxiliar de Dilma acrescentou que, na avaliação do governo, foi tudo calculado: o vazamento, num dia, e, no outro, a operação contra o principal líder do PT.
MANIFESTAÇÕES
Agora, o governo teme que os últimos acontecimentos relacionados à Operação Lava Jato acabem dando ainda mais munição para as manifestações programadas para o dia 13 de março, contra a presidente Dilma, que vão defender de novo seu impeachment.
Além disto, a avaliação é que o governo precisa, urgentemente, encontrar uma forma de sair da defensiva e do clima de paralisia que o atingiu depois do agravamento da crise política nas últimas semanas, principalmente nesta.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 21/02

CARLOS FRANCISCO DA SILVA, 57 anos
JECYR MASTRO, 91 anos
DULCINEIA RODRIGUES, 37 ANOS
MARIA DE FÁTIMA DA SILVA, 63 ANOS

IVAIPORÃ
ADON SCHMIDT DE OLIVEIRA, 63 ANOS

JANDAIA DO SUL 21/02

GERALDA GARCIA DE OLIVEIRA, 74 anos
CARLOS ORTIS SANCHES, 63 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1905 · 21/02/2017

29 35 43 54 56 57