Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Após reunião com Lula, Rui Falcão diz que Delcídio não merece credibilidade

Loading...

POLíTICA

Após reunião com Lula, Rui Falcão diz que Delcídio não merece credibilidade

CÁTIA SEABRA
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após uma reunião com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o presidente do PT, Rui Falcão, disse nesta quinta-feira (3) que, se confirmados, os termos da delações de Delcídio do Amaral "não merecem credibilidade".
"Se é que ele fez essas declarações, não merecem credibilidade. Porque nunca o ex-presidente Lula fez tratativas como as mencionadas, tampouco a presidente Dilma", afirmou.
Falcão fez questão de frisar que Delcídio foi suspenso do PT. Falcão disse ainda que o senador será notificado pela comissão de ética do partido e, a partir daí, terá dez dias para apresentar sua defesa. Ele também poderá se defender na próxima reunião do diretório nacional do PT, daqui a dois meses.
"Quero lembrar que Delcídio foi suspenso. Não é filiado ao PT", afirmou ele.
Falcão disse ainda que outras declarações do senador se mostraram "infundadas". O presidente do PT afirmou também que as falas do parlamentar foram contestadas pelo presidente do STJ (Superior Tribunal de Justiça).
"Há informações controversas (sobre a existência da delação). Se é verdade que houve essa delação, nos termos em que ele fala, quero lembrar que quando solto ele deu aquelas declarações, que levaram a sua suspensão, de que tinha acerto com ministros do STF (Supremo Tribunal Federal), que estava planejando a fuga do [ex-diretor da Petrobras Nestor] Cerveró. Depois de preso, tem a mesma credibilidade das declarações anteriores".
Embora tenha se reunido com Lula, Falcão disse que a delação de Delcídio não foi objeto da conversa.
Em delação premiada à força-tarefa da Operação Lava Jato, o senador Delcídio do Amaral revelou que Lula mandou comprar o silêncio de Cerveró e de outras testemunhas.
Detalhes do acordo foram veiculados pelo site da revista "Istoé", que publicou reportagem com trechos dos termos de delação. A informação de que Delcídio fechou acordo de delação premiada foi confirmada à reportagem por pessoas próximas às investigações da Lava Jato.
O senador também diz que Dilma Rousseff usou sua influência para evitar a punição de empreiteiros, ao nomear o ministro Marcelo Navarro para o STJ. O ministro Teori Zavascki, do STF, decidirá se homologa ou não a delação.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias