Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Promotor baiano é convidado para assumir Secretaria Nacional de Justiça

Loading...

POLíTICA

Promotor baiano é convidado para assumir Secretaria Nacional de Justiça

GUSTAVO URIBE E MARINA DIAS
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O promotor baiano Paulo Modesto confirmou nesta quinta-feira (3) que recebeu convite do novo ministro da Justiça, Wellington César Lima e Silva, para assumir a Secretaria Nacional de Justiça.
O professor de direito, que teve na terça (1º) aprovado pedido de afastamento do Ministério Público da Bahia, deverá tomar posse no cargo na próxima semana, com a saída do atual secretário Beto Vasconcelos.
A informação foi antecipada pela Folha de S.Paulo na quarta (2).
Próximo ao ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, Modesto foi indicado pelo petista para assumir em 2013 a vaga do ex-ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Ayres Brito.
Na época, Modesto também teve o apoio de José Eduardo Cardozo, que deixa o Ministério da Justiça nesta quinta para assumir a Advocacia-Geral da União.
Ele chegará ao posto no momento em que a Secretaria Nacional de Justiça será fundida à Secretaria de Reforma do Judiciário, tornando-se uma superestrutura.
Além de Modesto, deve ser indicado para a Secretaria Nacional de Segurança Pública outro aliado do ministro da Casa Civil: o atual secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa.
O delegado federal chegou ao cargo estadual em 2011, quando Wagner assumiu seu segundo mandato como governador da Bahia.
Outro cargo que também deve ser assumido por um indicado pelo ministro é o comando da Secretaria Nacional do Consumidor.
A atual secretária Juliana Pereira da Silva pediu para deixar a função com a saída de José Eduardo Cardozo do Ministério da Justiça.
Vasconcelos confirmou sua decisão de sair do governo federal à Folha e disse que o momento coincide com a saída de Cardozo da pasta.
Segundo ele, que é advogado de formação, seu ciclo de atuação no governo federal, que durou mais de 12 anos, chegou ao fim.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias