Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Dilma convoca reunião de emergência para discutir delação de Delcídio

Loading...

POLíTICA

Dilma convoca reunião de emergência para discutir delação de Delcídio

MARINA DIAS
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Minutos após a rápida cerimônia que deu posse aos novos ministros do Ministério da Justiça, AGU (Advocacia-Geral da União) e CGU (Controladoria-Geral da União), a presidente Dilma Rousseff convocou nesta quinta (4) uma reunião de emergência no terceiro andar do Palácio do Planalto para discutir a delação premiada do senador Delcídio do Amaral (PT-MS).
Segundo informações veiculadas no site da revista "IstoÉ", o senador disse que a presidente usou sua influência para evitar a punição de empreiteiros ao nomear o ministro Marcelo Navarro para o STJ (Superior Tribunal de Justiça). Ainda de acordo com Delcídio, Dilma pediu que ele falasse com Navarro para garantir a soltura dos empresários Marcelo Odebrecht e Otávio Marques de Azevedo, presos na Operação Lava Jato.
A ordem inicial no Palácio do Planalto é descredenciar Delcídio, repetir que ele falou mentiras "em outras ocasiões", e que, portanto, "não tem credibilidade" para dar informações. Nos bastidores, porém, o clima é de apreensão.
Dilma pediu que seus assessores mais próximos fossem para seu gabinete logo após o evento discutir os efeitos no governo das declarações de Delcídio e a estratégia da presidente diante do assunto. No caminho para a sala da chefe, o ministro Ricardo Berzoini (Secretaria de Governo) disse que não poderia fazer nenhum comentário sobre o tema porque ainda não havia lido a reportagem.
Pouco antes da cerimônia, os principais auxiliares da presidente foram avisados por assessores -via mensagens de celular- sobre a possível delação de Delcídio e que o conteúdo implicava Dilma e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Para evitar rumores de que a notícia impactou o entorno de Dilma, a cerimônia atrasou pouco mas não durou mais de vinte minutos.
Após os rápidos cumprimentos, o ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo, empossado nesta quinta chefe da AGU, juntou-se aos colegas na reunião com Dilma.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 21/02

CARLOS FRANCISCO DA SILVA, 57 anos
JECYR MASTRO, 91 anos
DULCINEIA RODRIGUES, 37 ANOS
MARIA DE FÁTIMA DA SILVA, 63 ANOS

IVAIPORÃ
ADON SCHMIDT DE OLIVEIRA, 63 ANOS

JANDAIA DO SUL 21/02

GERALDA GARCIA DE OLIVEIRA, 74 anos
CARLOS ORTIS SANCHES, 63 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1905 · 21/02/2017

29 35 43 54 56 57