Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

“Lula tem limite de conivência maior do que Dilma”, diz Cid Gomes

Loading...

POLíTICA

“Lula tem limite de conivência maior do que Dilma”, diz Cid Gomes

FLÁVIA FOREQUE
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - “Tenho saudade. Foram momentos muito intensos e felizes na minha vida”, declarou o ex-ministro Cid Gomes na quarta-feira (24), em solenidade que inaugurou sua foto na galeria de ex-titulares da Educação.
O evento acontece pouco menos de um ano após a conturbada saída do político de uma das principais pastas da Esplanada, motivada por declaração de que a Câmara dos Deputados é formada por ampla maioria de achacadores.
Desde então, ele afirma, a situação “só tem piorado”. “Nunca quis fazer proselitismo do que declarei, mas infelizmente para o Brasil é uma verdade, cada vez mais visível. E no fundo as pessoas sabem disso.”
Se sobram críticas ao Legislativo, no Executivo a avaliação é diferente. “Até que me provem o contrário, muito bem provado, a [presidente] Dilma é uma pessoa séria, íntegra, de espírito público e boa vontade”, afirma. Gomes, entretanto, faz ressalvas em relação ao ex-presidente Lula.
“Acho que na política o Lula tem um limite de conivência, de complacência, que é muito maior do que o da Dilma. (...) Acho que a história haverá de destinar ao Lula o lugar que lhe é merecido: nem o Deus do momento pós-eleição Dilma, nem o diabo agora”, avalia.
O ex-ministro elogia a gestão do petista e afirma que Lula foi “o maior presidente da República nos últimos 30 anos”. Mas pondera: “A política brasileira o obrigou a fazer uma série de concessões.”
‘MAL E PORCAMENTE’
Cid Gomes voltou a fazer críticas ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que articulou para a convocação do então ministro para uma sessão na Casa. Para o ex-ministro, Cunha é um “zumbi” que, ao se manter no comando da Câmara, demonstra que o parlamento “é o fundo do poço”.
“Ele está lá mal e porcamente exercendo a presidência”, criticou. O ex-ministro diz não ter esperança de que a atual composição da Casa tire Cunha do cargo, sob o temor de que o mesmo aconteça com os demais. Gomes ainda criticou a atuação do chamado baixo clero, nomeação dada a congressistas de menor expressão.
“Antigamente o tal baixo clero tinha vergonha. Agora são despudorados. Se você ouvir a conversa média dos parlamentares, são impublicáveis. No sentido de falta de espírito público, de egoísmo, de estar em primeiro lugar seu interesse particular.”

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 21/02

CARLOS FRANCISCO DA SILVA, 57 anos
JECYR MASTRO, 91 anos
DULCINEIA RODRIGUES, 37 ANOS
MARIA DE FÁTIMA DA SILVA, 63 ANOS

IVAIPORÃ
ADON SCHMIDT DE OLIVEIRA, 63 ANOS

JANDAIA DO SUL 21/02

GERALDA GARCIA DE OLIVEIRA, 74 anos
CARLOS ORTIS SANCHES, 63 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1904 · 18/02/2017

12 15 18 21 51 56