Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Minas congela R$ 2 bi do Orçamento; Saúde e Segurança são atingidos

Loading...

POLíTICA

Minas congela R$ 2 bi do Orçamento; Saúde e Segurança são atingidos

JOSÉ MARQUES
BELO HORIZONTE, MG (FOLHAPRESS) - Para reduzir um rombo previsto de R$ 9 bilhões nas contas de Minas Gerais em 2016, o governador Fernando Pimentel (PT) anunciou nesta segunda-feira (22) um congelamento de R$ 2 bilhões no Orçamento. Com a mudança, o governo mineiro agora prevê realizar uma despesa máxima de R$ 90 bilhões neste ano.
Embora o governador afirme que não serão afetados serviços essenciais à população, R$ 360 milhões foram reduzidos da Segurança Pública e outros R$ 198 milhões, da Saúde.
Segundo o secretário de Planejamento, Helvécio Magalhães, a maior parte desse contingenciamento em Segurança é do Orçamento que iria para o Instituto de Previdência dos Servidores Militares que, segundo ele, é "superavitário".
Na Saúde, diz Magalhães, reduziu-se principalmente a expectativa de crescimento de receitas originárias de transferências da União.
"Não tem nenhum risco dos serviços públicos estaduais [serem afetados], claro que cada um está sofrendo uma melhoria gerencial, de melhor uso de cada centavo, mas com a segurança de que nós não vamos comprometer os serviços finalísticos do Estado", afirmou o secretário.
Outras medidas, ainda segundo Magalhães, estão sendo tomadas com "microgestão em cada área", como redução de despesas com gasolina e aluguel.
De acordo com o governo, o corte não é maior porque Minas tem 90% de seu Orçamento, cerca de R$ 83 bilhões, atrelado a despesas obrigatórias, como folha de pagamento e gastos constitucionais.
O contingenciamento foi anunciado pelo governador e por secretários e é a primeira de uma série de medidas ante a crise econômica, que já obrigou a gestão a parcelar os salários dos servidores.
Por conta da dificuldade de caixa, o Estado também tem atrasado as parcelas da dívida com a União desde o mês de dezembro. Questionados se as mudanças anunciadas agora asseguram que a dívida voltará a ser paga em dia, Magalhães e José Afonso Bicalho (Fazenda) disseram apenas que têm feito "manobras permanentes para ajuste do caixa do tesouro".
Outra medida que deve ser divulgada nas próximas semanas é a extinção de 165 mil vagas do funcionalismo que não estão ocupadas, como adiantou a Folha de S.Paulo.
Nesta segunda, a Folha também revelou que as prefeituras de ao menos cinco municípios brasileiros congelarão seus orçamentos.
O contingenciamento de Minas foi publicado em decreto no "Diário Oficial". Ao discursar sobre a economia, Pimentel disse que a situação financeira do Estado é "grave" e pediu a "compreensão da população".

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 21/02

CARLOS FRANCISCO DA SILVA, 57 anos
JECYR MASTRO, 91 anos
DULCINEIA RODRIGUES, 37 ANOS
MARIA DE FÁTIMA DA SILVA, 63 ANOS

IVAIPORÃ
ADON SCHMIDT DE OLIVEIRA, 63 ANOS

JANDAIA DO SUL 21/02

GERALDA GARCIA DE OLIVEIRA, 74 anos
CARLOS ORTIS SANCHES, 63 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1905 · 21/02/2017

29 35 43 54 56 57