Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Procurador do TCU pede busca na CGU para acessar negociação de leniência

Loading...

POLíTICA

Procurador do TCU pede busca na CGU para acessar negociação de leniência

LEANDRO COLON
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O Ministério Público junto ao TCU (Tribunal de Contas da União) pediu nesta quarta-feira (17) uma inspeção na CGU (Controladoria-Geral da União) para ter acesso aos dados da negociação do acordo de leniência entre o governo e a empreiteira Engevix, investigada pela Operação Lava Jato.
Em ofício encaminhado nesta quarta ao ministro Bruno Dantas, o procurador do Ministério Público no TCU, Julio Marcelo de Oliveira, solicitou que o tribunal aprove uma diligência no órgão do governo caso a CGU não entregue as informações no prazo improrrogável de cinco dias.
No pedido, a que a reportagem teve acesso, o procurador pede que "seja determinada inspeção na CGU para verificar a legalidade e a efetividade dos procedimentos por ela adotados tendentes à celebração de acordos de leniência".
O procurador quer ainda que o TCU alerte que "obstáculos" à inspeção podem resultar em uma determinação, por parte do tribunal, do afastamento temporário do ministro-chefe da controladoria, Carlos Higino.
No mesmo ofício, ele menciona a especulação de que a CGU possa estar tratando esses acordos de maneira informal, sem registro oficial de reuniões, por exemplo. O ministro Bruno Dantas disse à reportagem que, por enquanto, não vai comentar o pedido de Oliveira. O ministro pode levar o caso ao plenário do tribunal por se tratar de uma medida considerada drástica.
Em março do ano passado, a Engevix manifestou o interesse de cooperar com as investigações em troca de continuar participando de licitações e ser contratada pelo governo.
No dia 19 de janeiro passado, Dantas deu um prazo de cinco dias para a CGU enviar a documentação das negociações, incluindo, entre outras coisas, as atas das reuniões entre os dois lados. A CGU não enviou esse material, o que motivou a reação do MP no TCU nesta quarta-feira.
TCU e CGU vêm travando uma batalha em torno dos acordos de leniência do governo com a Engevix e outras empresas desde o ano passado. O TCU quer acompanhar as negociações. Em dezembro, o Palácio do Planalto editou uma medida provisória para acelerar esses acordos. O procurador reagiu, alegando que o texto restringe a participação do tribunal.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 03/12

ALTAIR RAIMUNDO DE SOUZA, 46 anos
AMADEU FERNANDES, 58 anos

ARAPONGAS 02/12

DAVI DE SOUZA, 54 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1882 · 03/12/2016

09 10 19 35 37 41