Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Revista dos EUA põe juiz Moro entre os 'caça-corruptos' da América Latina

Loading...

POLíTICA

Revista dos EUA põe juiz Moro entre os 'caça-corruptos' da América Latina

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A última edição da revista "Americas Quartely", publicada pela Americas Society/Council of the Americas, é dedicada ao combate à corrupção em países da América Latina.
Entre os destaques está o juiz Sergio Moro, responsável pelas investigações da Operação Lava Jato no Paraná, que aparece caracterizado como um "caçador de corruptos" -a revista traz ele ao lado do promotor colombiano Iván Velásquez e da procuradora-geral da Guatemala, Thelma Aldana, ao estilo dos personagens do filme "Os caça-fantasmas".
Fundada em 2007, a "Americas Quarterly" é focada em política, cultura e negócios da América Latina. A publicação tem tiragem de 17 mil exemplares é distribuída a universidades, políticos, executivos e grandes empresas. Fernando Henrique Cardoso participa do conselho editorial, assim como Ernesto Zedillo, ex-presidente do México, e Ricardo Lagos, ex-presidente do Chile.
A publicação afirma que uma nova geração de juízes, procuradores e ativistas da América Latina faz "progressos extraordinários" contra a corrupção na região, não importa o quão poderosos são os investigados.
No Brasil, a Lava Jato -que apura um esquema de corrupção na Petrobras- investiga grandes empresários, políticos e ex-diretores da estatal, muitos deles presos preventivamente e vários já condenados.
"Se este combate [à corrupção na região] continuar, ficará como uma das mais importantes mudanças para a América Latina no século 21", diz a publicação.
ESTRELA
O texto sobre Moro -assinado por Matias Spektor, doutor pela Universidade de Oxford, professor de relações internacionais na FGV e colunista da Folha de S.Paulo- afirma que o juiz é "uma estrela", mas que não pode ser considerado o "salvador do Brasil" porque as vitórias dele são parte de um longo e doloroso processo de reforma democrática que começou com o fim da ditadura militar.
Segundo a revista, o juiz teve acesso a instrumentos legais criados no período, mas ressalta que só alguém com "sua mistura de criatividade, inteligência e meticulosidade" poderia usar o pleno potencial de tais instrumentos.
A reportagem destaca a equipe que compõe a Lava Jato, "com experiência e habilidade para navegar o sistema legal bizantino do Brasil", e lembra que a operação tem sido alvo crescente de críticas, como a manutenção de prisões de investigados.
"Independentemente do resultado, no entanto, o movimento de Moro foi indiscutivelmente positivo", diz.
Na apresentação das reportagens sobre os destaques da edição, a revista diz estar "maravilhada" com os "caça-corruptos". "E nós esperamos que eles continuem a ter grande sucesso", afirma.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 05/12

APUCARANA YOSHIMATSU NIKI, 99 ANOS
JOSÉ BECEL, 80 ANOS
SULINA ANTÔNIO DA SILVA, 82

APUCARANA 05/12

YOSHIMATSU NIKI, 99 anos

SULINA ANTONIA DA SILVA, 82 anos

JOSE BECEL, 80 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1882 · 03/12/2016

09 10 19 35 37 41