Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Dirceu admitiu os seus pecados, diz defesa do ex-ministro

Loading...

POLíTICA

Dirceu admitiu os seus pecados, diz defesa do ex-ministro

JULIANA COISSI
CURITIBA, PR (FOLHAPRESS) - O ex-ministro José Dirceu, preso na Operação Lava Jato desde agosto, "admitiu seus pecados" ao juiz Sérgio Moro, nas palavras da defesa do petista. Dirceu prestou pela primeira vez depoimento ao magistrado, nesta sexta-feira (29), em Curitiba.
O ex-ministro é acusado de lavagem de dinheiro, associação criminosa e corrupção passiva. Segundo o Ministério Público Federal, Dirceu recebeu um total de R$ 11,9 milhões direta ou indiretamente de empreiteiras com contrato com a Petrobras por serviços de consultoria que, na prática, nunca realizou.
O "pecado" admitido, segundo o criminalista Roberto Podval, foi a reforma de seu apartamento, paga pelo lobista Milton Pascowitch, delator da Lava Jato. Segundo Podval, a obra foi fruto "de uma relação pessoal que [Dirceu] ficou de pagar depois e não pagou". A reforma teria sido concluída já no período em que Dirceu estava preso.
Dirceu negou ter feito a indicação do ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque, um dos investigados na operação e que cogita fechar acordo de delação premiada. Disse que nem sequer o conhecia.
Pela explicação do ex-ministro, segundo Podval, havia dois nomes apontados para a função, um do PSDB -que não foi informado- e Duque, pelo PT. Como o PSDB já tinha sido contemplado com um cargo para Minas Gerais, segundo Dirceu, a opção foi aceitar a indicação do PT e o nome de Duque.
O ex-ministro admitiu ter usado jatinho de outro lobista, Julio Camargo, o que, segundo o advogado, era uma prática "de uma vida inteira". "Ele voou, os aviões foram cedidos, disse que na 'minha' vida inteira os aviões sempre foram cedidos, por ele [Julio], por outros".
Dirceu deixou o prédio da Justiça para voltar para o Complexo Médico Penal, em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, onde está preso, sob gritos e vaias de um grupo de manifestantes.
Na saída, o advogado de Dirceu foi abordado por André Rhouglas, 55, que estava pregado em uma cruz com cartazes contra a corrupção. O manifestante provocou Podval, perguntando quem seria a "alma viva mais honesta" que há, se Lula ou Dirceu -referência à frase dita há alguns dias pelo ex-presidente. "A sua", respondeu o advogado a Rhouglas.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 03/12

ALTAIR RAIMUNDO DE SOUZA, 46 anos
AMADEU FERNANDES, 58 anos

ARAPONGAS 02/12

DAVI DE SOUZA, 54 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1881 · 30/11/2016

03 10 30 44 53 56