Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Justiça decide manter prisão de ex-deputado Luiz Argôlo

Loading...

POLíTICA

Justiça decide manter prisão de ex-deputado Luiz Argôlo

JULIANA COISSI
CURITIBA, PR (FOLHAPRESS) - A 8ª turma do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª região) decidiu, por unanimidade, manter preso o ex-deputado federal João Luiz Argôlo (ex-SD), detido desde abril do ano passado pela Operação Lava Jato. A defesa vai recorrer da decisão.
O tribunal já havia negado o pedido de liminar (urgência) do habeas corpus impetrado pela defesa e, no julgamento do mérito nesta quarta-feira (27), manteve a decisão.
Argôlo foi condenado em primeira instância a 11 anos e 11 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele terá que devolver R$ 1,4 milhão aos cofres públicos. Argôlo argumenta que seus negócios com o doleiro Alberto Youssef eram de caráter privado, sem envolvimento de recursos públicos.
O juiz Nivaldo Brunoni, que foi o relator do processo nesta quarta, afirmou ver razões para restringir a liberdade do ex-deputado. Disse que ele ainda segue com influência política, o que ofereceria risco à ordem pública.
No voto, o juiz reproduziu trecho da sentença de Sérgio Moro, que conduz os processos da Lava Jato em primeira instância: "Em liberdade, pode, a depender das circunstâncias, assumir mandato parlamentar, o que seria intolerável".
O advogado de Argôlo, Sidney Peixoto, disse que vai recorrer da decisão no STJ (Superior Tribunal de Justiça). "Ele já foi condenado e não oferece risco, porque não praticou crime de violência ou grave ameaça". Para o advogado, o tribunal poderia ter aplicado uma medida substitutiva, por exemplo, a de proibir que Argôlo assumisse um cargo eletivo.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 23/01

Nelson Gregório, 71 anos

DIVINA MADALENA FERNANDES, 48 ANOS

MARILANDIA DO SUL 23/01

Generosa Pereira do Nascimento, 88 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1896 · 21/01/2017

03 06 14 15 21 25