Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

PF aponta cortes de R$ 151 mi e diz aguardar recomposição orçamentária

Loading...

POLíTICA

PF aponta cortes de R$ 151 mi e diz aguardar recomposição orçamentária

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A Polícia Federal emitiu nota oficial na noite desta quarta-feira (6) em que afirma ter sofrido um corte orçamentário de R$ 151 milhões.
De acordo com a PF, o Ministério do Planejamento informou a representantes do Ministério da Justiça que vai "providenciar a recomposição" das perdas, após a aprovação da Lei Orçamentária Anual.
Ainda segundo o texto enviado pela corporação, o Ministério da Justiça solicitou que a pasta do Planejamento repusesse o corte, "para que não ocorra nenhum prejuízo às operações e projetos de melhoria e desenvolvimento".
Procurado pela reportagem, o Planejamento adiantou que uma "eventual" recomposição de créditos só será reavaliada na segunda quinzena deste mês.
"A lei orçamentária [...] deverá ainda ser sancionada pela presidenta Dilma Rousseff até o dia 14 de janeiro. Assim, somente após a sanção presidencial, poderá ser avaliada, conjuntamente pelo Ministério do Planejamento e pelo Ministério da Justiça, eventual recomposição de créditos", informou a assessoria de imprensa do ministério.
LAVA JATO
Para a ADPF (Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal), os cortes no orçamento vão impactar as operações da PF em andamento, como a Lava Jato.
"O governo vai cortar custeio e isso é cortar diárias e passagens, o que significa limitar ainda mais a nossa mobilização de policiais, inclusive para as operações", disse o presidente da ADPF, Carlos Eduardo Miguel Sobral.
Em resposta à crítica, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, negou que operações em andamento fossem prejudicadas.
"A Lava Jato não será interrompida e todas as outras operações não sofrerão cortes por força da situação orçamentária", disse Cardozo.
Ele afirmou que a pasta "mantém diálogo" com o Ministério do Planejamento para recompor os cortes previstos na proposta que saiu do Congresso e que, se necessário, em último caso haverá remanejamento de verbas de setores que integram a estrutura do próprio Ministério da Justiça.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 23/01

Nelson Gregório, 71 anos

DIVINA MADALENA FERNANDES, 48 ANOS

MARILANDIA DO SUL 23/01

Generosa Pereira do Nascimento, 88 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1896 · 21/01/2017

03 06 14 15 21 25