Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Polícia prende quadrilha de drogas sintéticas que atuava em festas no Paraná

Loading...

CURITIBA

Polícia prende quadrilha de drogas sintéticas que atuava em festas no Paraná

Foto: Divulgação

Policiais da Divisão de Narcóticos (Denarc) de Curitiba estão nas ruas desde as 6h desta quinta-feira (8) para prender uma organização criminosa especializada no tráfico de drogas sintéticas – principalmente em festas eletrônicas. Esta quadrilha atua no Paraná e em Santa Catarina.

A “Operação Love” acontece nos dois estados e tem como objetivo cumprir 20 mandados judiciais, sendo sete de prisão temporária, três de condução coercitiva, quando a pessoa é levada para prestar depoimento, e outros 10 de busca e apreensão. Os mandados estão sendo cumpridos em Curitiba e Itajaí.

A investigação da Denarc durou aproximadamente seis meses e se aprofundou após a prisão de um dos membros da quadrilha. A prisão aconteceu em janeiro deste ano e com ele foram apreendidos mais de 7 mil pontos de LSD, pouco mais de 5,3 mil comprimidos de ecstasy e 1,2 quilos de maconha. Cada ponto de LSD é vendido em festas eletrônicas por cerca de R$ 50.

De acordo com o delegado Rodrigo Souza, que comanda a operação, a quantidade de droga apreendida durante a investigação demonstra a atuação da organização criminosa e da rentabilidade do tráfico – uma vez que só com um dos integrantes da quadrilha foi apreendido cerca de R$ 350 mil em droga sintética.

A ação policial conta com a participação de 50 policiais civis, sendo 35 da Denarc e 15 da DIC (Divisão de Investigação Criminal) de Itajaí. O nome da operação foi dado em razão das supostas propriedades estimulantes atribuídas às drogas sintéticas.

As informações são do Bem Paraná

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias