Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Destruição de Pompeia inspirou diretor de 'GoT' em cena de batalha

Loading...

GERAL

Destruição de Pompeia inspirou diretor de 'GoT' em cena de batalha

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ocasionalmente, "Game of Thrones" apresenta alguma cena de batalha épica durante seus episódios. "The Spoils of War", exibido no último domingo (6), presenteou os fãs com mais um violento espetáculo. Matt Shakman, que dirigiu o capítulo, contou que utilizou os pontos de vista de cada personagem para diferenciar a nova batalha.

"Você pode ver o ponto de vista de Tyrion [Peter Dinklage], de Daenerys [Emilia Clarke], de Jaime [Nikolaj Coster Waldau] e Bronn [Jerome Flynn]", disse à "Variety". Shakman explicou que as perspectivas de Jaime e Bronn serviram para mostrar como seria estar no chão em meio a um ataque de dragão.

"Nós acompanhamos os momentos heroicos de Daenerys com os dragões, mas nunca havíamos visto uma batalha entre duas pessoas que nós amamos e por quem torcemos, então eu queria ver como seria para aqueles homens no chão quando a guerra e os meios tradicionais de lutar mudaram para sempre por conta de uma arma gigantesca."

A inspiração veio de Pompeia, cidade destruída em 79 a.C. após uma grande erupção do vulcão Vesúvio. "Usamos Pompeia como referência, o que nos deu a ideia de pessoas se transformando em cinzas instantaneamente. As pessoas à beira do fogo estavam sendo cozinhadas em suas armaduras e correndo para a água para tentar se salvar."

No total, a cena da batalha levou 18 dias para ser filmada. Então, a equipe de efeitos especiais trabalhou durante semanas para incluir o dragão junto à Emilia Clarke. "O horror é muito maior do que havíamos visto durante o ataque na sexta temporada. Agora, o dragão tem o tamanho de um Boeing 747 [que tem 76 m de comprimento, com asas de 64 m] e lança chamas de quase dez metros."

Relembre outras grandes batalhas de "Game of Thrones"

BATALHA DOS BASTARDOS

Marcou o fim do domínio da Casa Bolton e o retorno dos Starks a Winterfell. A luta também selou a união de Jon Snow (Kit Harington) ao Povo Livre que, junto às casas menores do Norte, estavam à beira da derrota quando foram salvos pelos cavaleiros do Vale, liderados por Mindinho (Aidan Gillen) à pedido de Sansa (Sophie Turner).

BATALHA DE MEEREEN

Daenerys teve que defender a cidade de ataques dos mestres de escravos. Aconselhada por Tyrion, ela tentou negociar a redenção dos mestres, que ameaçaram escravizar seus dragões após expulsá-la da cidade. Então, a Mãe de Dragões convocou suas três criaturas, que destruíram os navios enquanto Daario (Michiel Huisman) liderava os Dothraki contra os Filhos da Harpia.

HARDHOME

Jon Snow e Tormund (Kristofer Hivju) tentam convencer o resto dos selvagens à se unir a Patrulha da Noite na guerra contra os Caminhantes Brancos. Cerca de 5.000 selvagens se preparavam para partir em direção à Muralha quando o exército de mortos atravessou os portões da vila. A batalha culminou na morte de centenas de selvagens, que mais tarde se tornaram mortos-vivos.

BATALHA DA ÁGUA NEGRA

Travada entre as forças de Stannis Baratheon (Stephen Dillane) e o rei Joffrey Baratheon (Jack Gleeson), foi o maior conflito da Guerra dos Cinco Reis. Quando Stannis marchou com seu Exército para Porto Real, o anão Tyrion, então Mão do rei, assumiu a defesa da cidade e liderou uma contraofensiva lançando um ataque de fogo-vivo contra os navios inimigos. Para completar, as tropas de Tywin Lannister (Charles Dance) fizeram com que Stannis recuasse.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias