Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Bombardeio dos EUA mata por engano 16 policiais afegãos

Loading...

GERAL

Bombardeio dos EUA mata por engano 16 policiais afegãos

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um bombardeio comandado pelos Estados Unidos matou 16 policiais afegãos por engano na província de Helmand, no sudoeste do Afeganistão.

O ataque aéreo, confirmado por forças americanas em Cabul, capital afegã, teve início às 17 desta sexta-feira (21). Dois comandantes militares estariam entre as vítimas, informou o porta-voz da polícia de Helmand, Salam Afghan, à agência de notícias "France Presse".

De acordo com Afghan, os policiais faziam uma operação no distrito de Gereshk contra forças do grupo radical islâmico Taleban quando foram mortos.

"Meia hora antes os talebans estavam ali, mas as forças afegãs tinham recuperado o controle da área quando ocorreu o bombardeiro", disse Afghan.

Segundo o porta-voz do Ministério do Interior de Cabul, Najib Danish, o governo afegão enviou à região uma delegação para realizar uma "investigação completa dos fatos".

A operação e o erro foram admitidos por forças ocidentais em Cabul, que afirmaram em comunicado que o bombardeio "provocou a morte de forças amigas". Já a Otan (aliança militar ocidental) anunciou a abertura de uma investigação interna e prestou condolências às famílias das vítimas

Grande parte de Helmand é controlada pelo Taleban. A província produz 85% do ópio do Afeganistão, a principal fonte de renda dos insurgentes.

Para conter a facção islâmica, 300 fuzileiros americanos foram enviados em abril a Lashkar-Gah, na capital da província de Helmand.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias