Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Modernização da rede será feita no futuro, diz CET

Loading...

GERAL

Modernização da rede será feita no futuro, diz CET

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), vinculada à gestão João Doria (PSDB), afirma que, com o contrato de manutenção dos semáforos da cidade vencidos desde o início deste ano, a prioridade neste momento é contratar as empresas que retomem os serviços.

A gestão Doria diz ainda que conseguiu fazer um novo edital para a manutenção da rede em um curto espaço de tempo desde o fim do último contrato.

A companhia afirma que, após retomar a normalidade no sistema de sinalização, uma nova licitação deverá "modernizar todos os semáforos da capital". Com essa modernização, a CET prevê ampliar o monitoramento desses semáforos.

"Essa nova licitação irá mudar toda a tecnologia existente hoje", promete a CET. A companhia, no entanto, não estabeleceu metas ou prazos para essa transformação.

Segundo a gestão, esse novo edital possibilitará, por exemplo, a troca dos detectores de veículos, dispositivo vinculado aos semáforos inteligentes.

A CET informa que a atual troca destes aparelhos tem custo alto e funcionalidade limitada (já que não estão integrados a outros cruzamentos da cidade).

Em relação à baixa prioridade das falhas com o botão de acionamento do semáforo de pedestre, a gestão Doria argumenta que neste tipo de ocorrência o sinal permanece funcionando e que o tempo de travessia segue garantido.

A companhia diz estar organizando um edital sobre um "novo modelo de travessia de pedestre" a ser divulgado ainda este ano.

A companhia informa ainda que todos os dispositivos semafóricos que forem instalados em São Paulo serão testados previamente.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias