Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Perguntas e respostas sobre o programa de cotas da USP

Loading...

GERAL

Perguntas e respostas sobre o programa de cotas da USP

1) As cotas racial e social serão aplicadas sobre o total de vagas da USP?

Sim. Entram nessa conta tanto as vagas da Fuvest (vestibular tradicional), como as do Sisu (Sistema de Seleção Unificado), que usa a nota do Enem. Em 2018, quando começa a valer o novo programa de cotas, a USP oferecerá 11.147 vagas --8.402 pela Fuvest e 2.745 pelo Sisu.

2) Quem pode concorrer às cotas da USP no vestibular 2018?

Poderão disputar uma vaga via cotas, os estudantes autodeclarados negros, pardos e indígenas que são oriundos de escola pública e todos os demais que também estudaram o ensino médio nas escolas do governo. No vestibular 2018, a universidade reservou 37% das vagas para seu novo programa de cotas racial e social. 14% delas são voltadas para as cotas raciais e os 23% restantes para estudantes de escola pública em geral.

3) Sou negro e estudei o ensino médio em escola privada sem bolsa. Posso disputar uma vaga pelo novo programa de cotas da USP?

Não. Segundo a universidade, os estudantes autodeclarados negros bem como os pardos e os indígenas só vão poder concorrer a uma vaga via cotas se também tiverem estudado integralmente em escola pública.

4) Qual será a abrangência do novo programa de cotas?

A USP pretende, aos poucos, aumentar a oferta das cotas até atingir 50% das vagas disponíveis. Para 2018, a meta é disponibilizar 37%. Essa proporção deve subir para 40% em 2019, 45% em 2020 e, finalmente, 50% em 2021.

5) Como as cotas raciais e sociais serão implementadas?

A implementação vai variar de ano a ano até as cotas atingirem 50% das vagas disponíveis. No vestibular 2018, as cotas serão distribuídas pelas unidades da instituição. Por exemplo, a FFLCH (Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas) tem cinco cursos. Será a própria faculdade que definirá como vai distribuir as cotas entre os seus cursos. Já em Em 2019, as cotas serão implementadas entre os cursos. E, a partir de 2020, por cada curso e turno.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias