Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Espanha, Reino Unido e Alemanha prendem 6 suspeitos de ligação com EI

Loading...

GERAL

Espanha, Reino Unido e Alemanha prendem 6 suspeitos de ligação com EI

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em uma operação coordenada, as polícias de Espanha, Reino Unido e Alemanha prenderam seis pessoas sob suspeita de ligação com a organização terrorista Estado Islâmico, anunciou o Ministério do Interior espanhol nesta quarta-feira (28).

Acusados de doutrinar e radicalizar potenciais membros do grupo radical, os supostos extremistas foram detidos em localidades diferentes: quatro em Palma de Mallorca (Espanha), um no Reino Unido e um na Alemanha.

Os suspeitos haviam divulgado vídeos de conteúdo violento e organizado encontros secretos semanais para recrutar jovens para viajar para zonas de conflito e lutar.

As forças policiais dos três países cooperaram utilizando agências da União Europeia criadas para ajudar a compartilhar informações relacionadas ao combate de crimes entre Estados membros –Europol, Eurojust e Sirene.

A investigação policial começou em 2015 após a descoberta de um site com uma série de vídeos mostrando a doutrinação, captura e viagem para a Síria de um jovem muçulmano residente na Espanha.

O produtor dos filmes foi preso no Reino Unido como parte da operação. Ele já estava sob vigilância por diversos países europeus, disse o ministério espanhol. O homem preso na Alemanha teve contato com os outros e ajudou nos vídeos de recrutamento feitos pelo grupo.

Após uma série de atentados nos últimos anos, muitos deles reivindicados pelo Estado Islâmico, os países da Europa têm reforçado suas políticas de combate ao terrorismo.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias