Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Recebido por FHC, Edmar Bacha toma posse na Academia Brasileira de Letras

Loading...

GERAL

Recebido por FHC, Edmar Bacha toma posse na Academia Brasileira de Letras

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O economista Edmar Bacha tomou posse na ABL (Academia Brasileira de Letras), na noite desta sexta-feira (7), com um discurso que tratou especialmente da obra de seu antecessor na casa, o jurista Evaristo de Moraes Filho.

"Sonhemos o sonho de Evaristo. Com a ajuda de seu gênio que recolhe coisas dispersas e de seu sentimento vivificador, vamos deixar Belíndia para trás e tratar de construir um Brasil livre, fraterno e justo", disse o economista, em trecho do discurso, na sede da ABL, no Rio de Janeiro.

Em 1974, Edmar Bacha cunhou o termo "Belíndia" para ilustrar o que seria a distribuição de renda no Brasil: um disparate entre as condições luxuosas da Bélgica e a miséria da Índia.

Bacha, um dos nomes da equipe econômica que concebeu e implantou o Plano Real, foi recebido na casa pelo ex-presidente e também membro, Fernando Henrique Cardoso.

Em seu discurso de recepção, FHC ressaltou o papel de Bacha no combate à hiperinflação.

Citou também a criatividade de Bacha e sua capacidade, segundo FHC, de tornar palatáveis, com a linguagem, opacos conceitos econômicos.

"[Bacha] há muito tornou-se um burilador de mitos e fábulas; inventou um país que se não imaginário foi grafado do fim para o começo, o Lisarb; e como se fosse produtor de palavras à Guimarães Rosa, nos veio com uma 'inflaflução'."

"Edmar Bacha, intelectual público, escreve, predica, não se esconde, para mostrar que o ambicionado crescimento econômico somente virá se formos capazes de nos conectar com os fluxos de comércio e criatividade globais e que o aumento da produtividade é crucial para gerar renda", disse, na conclusão de seu discurso.

Bacha foi eleito em novembro de 2016 para a cadeira 40. Os ocupantes anteriores da cadeira foram Eduardo Prado, Afonso Arinos, Miguel Couto e Alceu Amoro Lima.

Nascido em Lambari (MG), em uma família de escritores, políticos e comerciantes, Bacha formou-se economista e foi pesquisador no IPEA, presidente do IBGE e presidente do BNDES.

Como escritor, lançou livros e artigos em revistas acadêmicas, como "Belíndia 2.0: Fábulas e Ensaios sobre o País dos Contrastes" (Civilização Brasileira).

Bacha é fundador e diretor do Instituto de Estudos de Política Econômica/Casa das Garças, centro de pesquisa e debates no Rio.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias