Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Trump defende apresentador da Fox News acusado de assédio sexual

Loading...

GERAL

Trump defende apresentador da Fox News acusado de assédio sexual

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente americano, Donald Trump, defendeu o apresentador da Fox News Bill O'Reilly, acusado de assédio sexual, em entrevista ao jornal "The New York Times" nesta quarta-feira (5).

"Eu não acho que Bill tenha feito nada de errado. Acho que ele é uma pessoa que eu conheço bem. Ele é uma boa pessoa", disse Trump.

A emissora conservadora e O'Reilly, estrela do canal, pagaram US$ 13 milhões a cinco mulheres para que não denunciassem o apresentador por assédio sexual.

Para Trump, O'Reilly não deveria ter feito o acordo. "Pessoalmente, eu acho que ele não deveria ter feito o acordo. Porque você deveria ter levado até o fim, não acho que Bill tenha feito nada de errado."

Reportagem do "New York Times" publicada no sábado (1º) revelou que as mulheres que teriam sofrido assédio trabalhavam ou contribuíam com o programa, como convidadas.

O'Reilly, 67, apresenta o "The O'Reilly Factor" desde 1996. No ar de segunda a sexta-feira, com apresentação às 20h e às 23h, o "Factor" tem audiência de quase 4 milhões de espectadores por noite, e teve mais de US$ 446 milhões em propaganda de 2014 a 2016, segundo a consultoria Kantar Media.

Mesmo sabendo dos casos de assédio, a Fox News estendeu o contrato do apresentador, que estava previsto para expirar neste ano. O'Reilly ganha cerca de US$ 18 milhões por ano. Empresas, porém, retiraram anúncios que eram veiculados no programa.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias