Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Gestão Doria gasta R$ 805 mil com publicidade sobre Corujão da Saúde

Loading...

GERAL

Gestão Doria gasta R$ 805 mil com publicidade sobre Corujão da Saúde

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A gestão João Doria (PSDB) começou a veicular na televisão propagandas para anunciar o fim da fila de exames, uma de suas principais promessas de campanha, com o programa Corujão da Saúde.

A prefeitura informou que a campanha custou R$ 804.959,44 e foi transmitida nas principais emissoras de TV da capital paulista.

"A fila para agendamento de exames de imagem, que em 1º de janeiro deste ano era de 485 mil pessoas, foi zerada. A saúde tem pressa", afirma a mensagem.

Para atingir a meta, a administração municipal contou com a parceria de hospitais e clínicas privadas, que passaram a atender os pacientes da rede municipal nos horários em que seus equipamentos para exames estão ociosos -nos finais de tarde e durante a noite, principalmente.

Apesar da meta cumprida, a Folha de S.Paulo mostrou nesta semana que, para isso, a gestão tucana teve de deixar em segundo plano os pacientes que procuraram as unidades de saúde a partir de janeiro deste ano, o que provocou a criação de uma nova fila, de 94,7 mil pessoas.

Questionado sobre essa nova fila, Doria disse nesta segunda (3) que até dois meses é um prazo aceitável para o atendimento de exames. "As demandas continuam a existir. As demandas da população vão ser atendidas dentro de prazos aceitáveis, ou seja, dentro de 60 dias -considerando a urgência e a gravidade. Os mais urgentes, no limite de 30 dias", disse.

A gestão tucana anunciou que ainda vai lançar no primeiro semestre deste ano um programa semelhante para a realização de cirurgias durante a madrugada.

"Nós estamos iniciando os estudos da necessidade. Os agentes comunitários de saúde estão em loco fazendo um levantamento, um senso, diretamente da população para que nós conheçamos as necessidades do que a população tem hoje em caso de cirurgia", disse o secretário municipal da Saúde, Wilson Pollara.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias