Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Turista alemão que vivia em aeroporto em Guarulhos é deportado

Loading...

GERAL

Turista alemão que vivia em aeroporto em Guarulhos é deportado

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O turista alemão Stephan Brode, de 44 anos, que viveu no aeroporto internacional de Guarulhos (SP) por mais de três meses, foi deportado no início da noite deste domingo (26) para a Alemanha. Ele foi detido na última sexta-feira (24), a pedido da Justiça, o que permitiu que a Polícia Federal iniciasse o processo de deportação. As informações são da Agência Brasil.

Segundo a PF, todo o processo de embarque foi acompanhado pelo consulado alemão e ocorreu tranquilamente. Ele foi conduzido sem algemas por um carro da Polícia Federal até a aeronave, na qual foi o primeiro a embarcar, juntamente com três policiais alemães. Eles estavam no Brasil porque trouxeram um preso brasileiro e foram escalados para garantir a segurança durante a viagem de Brode à Alemanha.

O visto de turista do alemão havia vencido na semana retrasada, mas ele permanecia no terminal 2 do aeroporto de Guarulhos. Ele foi flagrado pelas câmeras de segurança do aeroporto agredindo mulheres várias vezes. Nenhuma das vítimas prestou queixa à polícia ou fez exame de corpo de delito.

Em uma das imagens, Brode agride com um tapa na nuca uma mulher que havia acabado de entrar no aeroporto. Um homem que a acompanhava também é ameaçado. Em outro flagrante, Brode se dirige a uma mulher que mexia no celular e a agride com dois tapas.

Brode chegou a Guarulhos vindo do Marrocos e deveria ter pego uma conexão para Nova York, de onde voltaria para a Alemanha. No entanto, ele perdeu a conexão e, sem dinheiro para pagar a multa, passou a viver no saguão do aeroporto.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias