Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Tropas iraquianas retomam do EI prédios do governo em Mossul

Loading...

GERAL

Tropas iraquianas retomam do EI prédios do governo em Mossul

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Tropas do Iraque retomaram nesta terça-feira (7) das mãos da milícia radical Estado Islâmico (EI) o complexo do governo em Mossul, além do museu da cidade e da sede local do Banco Central.

Os prédios estavam destruídos e não vinham sendo usados pelo EI, mas sua captura representa uma vitória simbólica na batalha contra a facção.

Segundo a agência de notícias Associated Press, as forças iraquianas sofreram contra-ataques de combatentes do EI e ainda lutavam para garantir a segurança dos pontos retomados.

Há cerca de duas semanas, o governo iraquiano anunciou o início de uma operação para expulsar os terroristas da porção oeste de Mossul.

A porção leste foi controlada com apoio de bombardeios da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos após meses de uma megaoperação militar lançada em outubro para retomar a cidade, que é a segunda maior do Iraque e é considerada o último bastião do EI no país.

O EI tomou a cidade em junho de 2014, em uma surpreendente ofensiva que serviu de trampolim para a facção expandir sua influência no Iraque e na vizinha Síria.

No museu de Mossul, retomado nesta terça, o EI gravou em 2015 imagens de combatentes destruindo artefatos históricos, o que chamou a atenção da comunidade internacional para os riscos sobre o patrimônio cultural da região.

A batalha por Mossul já provocou o deslocamento de milhares de civis e pode agravar a crise humanitária na região.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias