Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Espírito Santo vai receber mais 1 milhão de doses da vacina

Loading...

GERAL

Espírito Santo vai receber mais 1 milhão de doses da vacina

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Espírito Santo vai receber 1 milhão de doses extras da vacina contra a febre amarela. A previsão do Ministério da Saúde é que, até o início da próxima semana, 500 mil doses tenham sido entregues ao Estado. Após a chegada de todo o novo quantitativo, o Espírito Santo terá recebido um total de 3,6 milhões de doses da vacina. As informações são da Agência Brasil.

De acordo com a pasta, o Estado já atingiu uma cobertura vacinal de 73% para a febre amarela. O número representa mais de 1,1 milhão de doses aplicadas entre janeiro e fevereiro em 60 municípios considerados áreas de risco. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (2) durante visita do ministro da Saúde, Ricardo Barros, ao Espírito Santo.

Segundo Barros, a expectativa do governo federal é que, com a nova remessa de doses, o Estado consiga atingir a cobertura vacinal adequada acima de 90%. “Isso será uma novidade, já que o Espírito Santo não era área de vacinação regular antes do surto. Chegar a este número, em tão pouco tempo, demonstra o empenho de todo o Estado no combate à febre amarela”, avaliou.

Desde o início do ano, o ministério tem enviado doses extras aos Estados que registram casos suspeitos, além de outros localizados na divisa com áreas que tenham notificações. Ao todo, 14,6 milhões de doses foram enviadas para Minas Gerais (6,5 milhões), São Paulo (3,2 milhões), Espírito Santo (2,6 milhões), Rio de Janeiro (1 milhão) e Bahia (900 mil). O quantitativo é um adicional às doses de rotina do Calendário Nacional de Vacinação, enviadas mensalmente aos Estados.

CASOS

Até a última sexta-feira (24), foram confirmados 326 casos de febre amarela no Brasil. No total, foram notificados 1.368 casos suspeitos, dos quais 916 permanecem em investigação e 125 foram descartados. Dos 220 óbitos notificados, 109 foram confirmados, 105 ainda são investigados e seis foram descartados.

Os Estados de Minas Gerais, do Espírito Santo, de São Paulo, da Bahia, do Tocantins, Rio Grande do Norte e de Goiás continuam com casos em investigação e/ou confirmados.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias