Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

omicídios no Espírito Santo caem após parte da PM voltar às ruas

Loading...

GERAL

omicídios no Espírito Santo caem após parte da PM voltar às ruas

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O número de mortos no Espírito Santo diminuiu de maneira drástica após a retomada das atividades de parte dos policiais militares, que estão amotinados há dez dias. Desde sábado (11), 1.236 agentes voltaram às ruas.

No total, o sindicato de policiais civis contabiliza 144 assassinatos desde o dia 4 (o governo não divulga números). Neste domingo, no entanto, foram apenas quatro mortes até as 17h, dia com menor número de homicídios desde o começo da greve. Entre sábado e domingo, o sindicato registrou 16 mortes.

O pico de assassinatos ocorreu no dia 6, quando 40 pessoas foram mortas -no mesmo dia o Exército foi enviado ao Estado.

Assassinatos no Espírito Santo - Número de mortes desde o começo de motim da Polícia Militar.

A escolas estaduais reabrem nesta segunda (13). As escolas da prefeitura terão apenas expediente interno -o ano letivo para os estudantes das 102 unidades de ensino começa na terça (14).

Unidades de saúde da prefeitura abrirão normalmente. Segundo o governo do Estado, os hospitais estaduais manterão os atendimentos de urgência e emergência.

O sistema de ônibus da Grande Vitória opera com exceção de quatro linhas. O serviço noturno, contudo, não vai funcionar.

Neste domingo, o ministro da Defesa, Raul Jungmann, afirmou que a situação no Espírito Santo voltou ao normal. "Hoje, por exemplo, num dia de domingo, 100% daqueles que normalmente vão à praia lá estão e, portanto, a vida volta á normalidade", afirmou o ministro

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias