Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Trump promete medidas de segurança após suspensão de veto a imigrantes

Loading...

GERAL

Trump promete medidas de segurança após suspensão de veto a imigrantes

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta sexta-feira (10) que anunciará na próxima semana mais medidas para aumentar a segurança do país, em meio à suspensão do veto a imigrantes e refugiados.

Ele não antecipou que medidas seriam essas em entrevista após o encontro com o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe. Apesar disso, ele recorrerá "o mais rápido possível" à Suprema Corte para manter seu decreto.

"Espero que esta decisão não demore muito. No fim das contas, não tenho dúvidas, que vamos vencer essa disputa", afirmou. "Nós não podemos permitir a entrada de pessoas que façam mal a este país."

O republicano ainda qualificou como boa a conversa com o presidente chinês, Xi Jinping, na noite de quinta (10). Ele diz ter mencionado na ligação a necessidade de desvalorizar o yuan, como forma de tornar a competição desleal.

"Teremos mais cedo que muitos imaginam uma relação mais justa [com a China]. Acho que os EUA serão um jogador mais forte que agora, nós teremos uma política [comercial] mais forte, o que não temos agora."

Na entrevista, Abe afirmou ter conseguido o apoio de Trump para manter a segurança na Ásia e continuar a pressão sobre a Coreia do Norte para parar as ameaças, como testes nucleares e de mísseis.

Esta é a segunda vez que os dois se encontram desde que o republicano foi eleito, em novembro. O americano disse querer uma relação tremenda e de longo prazo com as autoridades japonesas.

COMÉRCIO

O encontro com o chefe de governo japonês, porém, foi centrado no aspecto comercial. Trump fez menção à volta de empresas aos EUA, após sua ameaça de aumentar as taxas de importação para produtos estrangeiros.

E disse que em breve mais companhias anunciarão sua volta. "Nós temos um número tremendo de anúncios, teremos notícias muito boas em um curto prazo. O que eu posso dizer é que vai ser maior do que nunca antes."

Sobre o mesmo assunto, Shinzo Abe prometeu buscar com Trump uma relação comercial justa com os americanos, apesar de Trump ter tirado os EUA da Parceria Transpacífico (TPP), inviabilizando o acordo de 12 países.

"A região da Ásia-Pacífico está em grande crescimento, o que é bom para o livre-comércio. Trata-se de uma grande chance para ambos, mas isto deve ser de maneira justa. Não devemos fazer nenhuma intervenção econômica."

A relação comercial deverá ser discutida em encontro do vice do republicano, Mike Pence, com o vice-primeiro-ministro japonês, Taro Aso. Após a entrevista, Trump e Abe viajaram para o resort de Mar-a-Lago, na Flórida.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias