Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Relatório da AI sobre enforcamentos é 'completamente falso', diz regime sírio

Loading...

GERAL

Relatório da AI sobre enforcamentos é 'completamente falso', diz regime sírio

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O regime do ditador da Síria, Bashar al-Assad, rechaçou nesta quarta-feira (8) as acusações da Anistia Internacional (AI) sobre a suposta prática de execuções em massa de opositores em uma prisão.

Segundo o Ministério da Justiça do país, as alegações da ONG são "completamente falsas e buscam prejudicar a reputação internacional da Síria".

Com base em depoimentos de ex-detentos e guardas, a AI concluiu em relatório que o regime sírio enforcou até 13 mil opositores na prisão de Saydnaya, a 30 quilômetros da capital, Damasco, durante os cinco primeiros anos da guerra civil que assola o país.

Os guardas disseram que uma ou duas vezes por semana entre 20 e 50 pessoas eram enforcadas após julgamentos simulados. Segundo o texto, as vítimas "permaneciam vendadas" e "elas não sabiam quando ou como iam morrer até que a corda fosse colocada nos seus pescoços".

O texto menciona apenas os primeiros cinco anos porque os informantes teriam deixado a prisão após esse período. Há suspeita, no entanto, de que os enforcamentos não foram interrompidos.

A política de extermínio teria sido realizada de maneira secreta e sob ordens do alto escalão. Outros milhares teriam morrido por tortura ou fome durante o período.

O conflito sírio foi iniciado em março de 2011 e, desde então, ao menos 400 mil pessoas foram mortas. Quase metade da população do país foi deslocada, com milhões refugiando-se em países vizinhos e na Europa.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

MARUMBI 28/02

VALDIR RIVELINI, 58 anos

APUCARANA 28/02

GABRIEL BENEDITO REIS DE OLIVEIRA, 20 anos 
GERALCINO GUIMARÃES DE SOUZA, 74 anos 
NATIMORTO, 0 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1907 · 25/02/2017

03 25 35 38 44 48