Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Pelo menos 50 morrem em avalanches no Afeganistão

Loading...

GERAL

Pelo menos 50 morrem em avalanches no Afeganistão

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Dezenas de pessoas morreram depois de avalanches e nevascas atingirem o Afeganistão e o Paquistão neste fim de semana.

No leste do Afeganistão, pelo menos 50 pessoas morreram e dezenas estavam desaparecidas depois que uma avalanche enterrou uma vila no Nuristão, nordeste do país, segundo Hafiz Abdul Qayum, governador da província.

"Baseados nas informações dos encarregados do distrito, 50 corpos foram resgatados e o número pode aumentar", afirmou.

Pelo menos outras cinco mortes foram causadas por queda de telhados em outras partes do Nuristão.

Na província de Badakhshan, no norte do país, pelo menos 19 pessoas morreram e 17 ficaram feridas nos últimos dois dias por avalanches, queda de telhados e acidentes de trânsito, segundo o porta-voz do governo provincial, Naweed Frotan.

O governo tenta acessar pelo menos 12 distritos em Badakhshan que estão isolados, segundo Frotan.

A neve pesada também atingiu a capital, Cabul, onde o governo fechou seus escritórios neste domingo (5).

No vizinho Paquistão, pelo menos nove pessoas, incluindo crianças, foram mortos por uma avalanche no distrito de Chitral, e suspeita-se que outras 14 estejam presas em residências cuja estrutura foi abalada pelo impacto, segundo o porta-voz Syed Maghferat Shah.

"Até agora os responsáveis pelo resgate já localizaram nove corpos e trabalham para encontrar outros", afirmou.

A avalanche atingiu uma vila de 25 casas, mas as operações de resgate no local foram postergadas por causa do mau tempo, afirmou o representante de Chitral Shahab Hameed Yousafzai.

"Não conseguimos enviar os feridos ao hospital porque todas as estradas na região foram bloqueadas pelo excesso de neve", afirmou.

Em um outro incidente em Chitral, um funcionário de resgate do governo morreu ao ser atingido por uma avalanche perto da fronteira entre Paquistão e Afeganistão.

A neve causou prejuízos nas principais estradas do país, incluindo a que liga a capital Kabul e Kandahar, onde policiais e soldados resgataram 250 carros e ônibus presos pela tempestade, informou Jawid Salangi, porta-voz da província de Ghazni, onde a neve chegou a dois metros.

"Felizmente conseguimos chegar a tempo e não houve uma única morte", afirmou. Espera-se que a estrada seja reaberta o quanto antes.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 22/02

JOÃO DA ROCHA GREGÓRIO, 68 ANOS
RENATO JOSÉ PAVOLAK, 56 ANOS

APUCARANA 22/02

MARIA DE FATIMA DA SILVA, 63 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1905 · 21/02/2017

29 35 43 54 56 57