Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Governo do AM troca comandante da Polícia Militar após rebeliões e mortes

Loading...

GERAL

Governo do AM troca comandante da Polícia Militar após rebeliões e mortes

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O governador do Amazonas, José Melo (Pros), anunciou nesta segunda-feira (16) a troca do comandante-geral da Polícia Militar após as rebeliões que deixaram 67 mortos no Estado nos primeiros dias do ano.

O coronel David de Souza Brandão vai substituir o coronel Augusto Sérgio Farias, que estava no cargo desde junho de 2016. Já o coronel Walter Rodrigues da Cruz será subcomandante e o coronel Domingos Sávio de Souza, chefe do Estado Maior da PM.

As mudanças serão formalizadas com a publicação no "Diário Oficial" do Estado desta segunda, que circula na terça (17).

Na semana passada, o governador já tinha trocado do secretário da Administração Penitenciária. O tenente-coronel da PM e comandante do Policiamento Especializado Cleitman Rabelo Coelho assumiu o cargo que era ocupado até então por Pedro Florencio.

Pelo menos 145 detentos estão foragidos do Ipat (Instituto Penal Antônio Trindade) e do Compaj (Complexo Penitenciário Anísio Jobim), maior presídio do Estado e palco da chacina de 56 presos em 1º de janeiro.

Na tentativa de recuperar o controle do sistema prisional, 17 presos apontados como líderes do massacre no Compaj deixaram Manaus rumo a presídios federais.

O governo do Amazonas também recebeu o reforço de 99 homens da Força Nacional, que se encarregarão da segurança do entorno do Compaj. A ideia é liberar mais policiais estaduais para atuar na recaptura dos presos.

O número de assassinatos em presídios pelo país chega a 134 somente nesse ano. O Amazonas lidera o número com 67 assassinatos, seguido por Roraima (33) e Rio Grande do Norte (26). As mortes já equivalem a 36% do registrado em todo ano passado. Em 2016, foram ao menos 372 assassinatos -média de uma morte a cada dia nas penitenciárias do país.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias