Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Após críticas da família de Michael Jackson, comédia é cancelada

Loading...

GERAL

Após críticas da família de Michael Jackson, comédia é cancelada

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Depois de ser criticada pela família de Michael Jackson, a série cômica "Elizabeth, Michael & Marlon" teve sua exibição cancelada pelo canal europeu Sky, informou a revista "Variety". O trailer que havia sido divulgado nesta semana foi retirado do ar.

Paris Jackson, filha do astro do pop, chamou a produção de "vergonhosa" e disse ter se sentido "incrivelmente ofendida" e com vontade de "vomitar" depois de assistir ao trailer da série, na qual o ator Joseph Fiennes interpreta um Michael já de pele alva -sua escalação, quando anunciada, já havia causado furou; debatia-se a falta de diversidade na produção- e seu retrato, como os dos demais personagens, busca um tom caricato.

Taj Jackson, sobrinho do cantor, também se queixou: "Infelizmente é com isso que minha família tem que lidar. Não há palavras para expressar o desrespeito descarado", ele tuitou.

Em nota, o canal disse que decidiu tirar a série do ar por causa da "preocupação expressa pela família de Michael Jackson". "Queríamos ter um olhar leve e divertido sobre eventos reais e nunca tivemos a intenção de ofender. Joseph Fiennes apoia completamente a nossa decisão."

"Elizabeth, Michael & Marlon" é inspirado numa história noticiada pela "Vanity Fair" em 2011 que, de tão rocambolesca, acabou sendo considerada uma lenda urbana: logo após os atentados terroristas de 11 de Setembro, Elizabeth Taylor, Michael Jackson e Marlon Brando teriam fugido do ataque, saindo de carro de Nova York, em direção a Los Angeles, e se alternando na direção.

A publicação se baseou numa entrevista com Tim Mendelson, ex-assistente de Elizabeth. Na descrição da "Vanity Fair", Brando teria irritado seus colegas ao parar em todos os KFC e Burger Kings da estrada.

A história dessa inusitada "road trip" é contada na série de Ben Palmer ("The Inbetweeners"). Além de Fiennes como Michael, Elizabeth é vivida por Stockard Channing, e Brando, por Brian Cox.

A trama da comédia parece enveredar por alguns absurdos. Há um Hitler (Iwan Rheon, o Ramsay Bolton de "Game of Thrones") e seu amigo (Rupert Grint, o Ron Weasley de "Harry Potter"). Surgem ainda Samuel Beckett dirigindo um desconhecido e Bob Dylan (Eddie Marsan) procurando alguém chamado "Dave".

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 27/02

MARCELO BUCCI, 50 ANOS

SÃO JOÃO DO IVAÍ
NAIR L. SANTOS, 72 ANOS

CAMBIRA 27/02

ALAIDE ALVES DE JESUS, 78 ANOS

KALORÉ
CLAUDINEI GOMES, 42 ANOS

MEGA SENA

CONCURSO 1907 · 25/02/2017

03 25 35 38 44 48