Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Indicado por Trump para chancelaria diz que Rússia é 'perigo' para o mundo

Loading...

GERAL

Indicado por Trump para chancelaria diz que Rússia é 'perigo' para o mundo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Indicado para ocupar o cargo de secretário de Estado no futuro governo dos EUA, Rex Tillerson disse nesta quarta-feira (11), em sabatina no Senado, que a Rússia representa um "perigo" para o mundo.

Ex-presidente da petroleira ExxonMobil, Tillerson é conhecido por suas parcerias comerciais com a Rússia, em especial sua relação com o presidente Vladimir Putin. Era esperado que o empresário fosse questionado sobre isso na sabatina, tendo em vista atritos recentes entre Washington e Moscou.

"A Rússia hoje representa um perigo", afirmou Tillerson. "Ela invadiu a Ucrânia, inclusive tomou a Crimeia, e apoiou forças da Síria que violam brutalmente as leis da guerra. Nossos aliados da Otan estão certos em ficar alarmados diante de uma Rússia ressurgente."

"A Rússia deve saber que nós seremos cobrados por nossos compromissos e pelos [compromissos] de nossos aliados, e a Rússia será responsabilizada por suas ações", acrescentou.

A indicação de Tillerson para o cargo de maior prestígio no gabinete faz parte da estratégia do presidente eleito, Donald Trump, de reorientar a política externa americana e promover uma reaproximação em relação ao Moscou.

Com relação às recentes acusações contra Moscou de interferência nas eleições americanas por meio de ciberataques em favor de Trump, Tillerson afirmou que ações recentes da Rússia "desrespeitaram os interesses americanos". O presidente eleito nega ter recebido apoio do Kremlin.

Na sabatina, o empresário do setor petroleiro afirmou que os EUA são "a única superpotência mundial dotada dos meios e do compasso moral capaz de moldar o mundo para o bem".

Ele disse ainda que o "islã radical representa um grave risco à estabilidade das nações e ao bem-estar de seus cidadãos", e exaltou as parcerias dos EUA com aliados do mundo islâmico no combate ao terrorismo.

Além disso, Tillerson disse ser importante que os EUA mantenham sua presença nas negociações internacionais sobre a mudança climática. A afirmação contrasta com declarações anteriores do futuro ocupante da Casa Branca -Trump já chegou a dizer que o aquecimento global é uma "invenção" da China para prejudicar os negócios americanos.

PERFIL

Tillerson, 64, foi selecionado para cuidar da pasta de maior prestígio do governo americano, atualmente sob a guarda de John Kerry, e pela qual já passaram de Thomas Jefferson (1790-93) a Hillary Clinton (2009-13).

Diante de acusações de conflito de interesse, o falcão do petróleo deixou recentemente o comando da ExxonMobile. Ele também é criticado pela falta de experiência diplomática.

Como chanceler, Tillerson poderia mexer os pauzinhos para ajudar a empresa para a qual serviu por quatro décadas, após pegar seu diploma de engenharia na Universidade do Texas.

A aprovação no Senado de sua nomeação para a Secretária de Estado é considerada uma das mais difíceis dentre os nomes selecionados para compor a equipe de Trump.

Dos 19 membros do Comitê de Política Externa do Senado, 10 são republicanos. Supondo que o bloco democrata vote unido contra Tillerson, bastaria um "vira-casaca" do outro lado para barrar sua nomeação.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

APUCARANA 27/02

MARCELO BUCCI, 50 ANOS

SÃO JOÃO DO IVAÍ
NAIR L. SANTOS, 72 ANOS

CAMBIRA 27/02

ALAIDE ALVES DE JESUS, 78 ANOS

KALORÉ
CLAUDINEI GOMES, 42 ANOS

MEGA SENA

CONCURSO 1907 · 25/02/2017

03 25 35 38 44 48