Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Sem dar detalhes, Alckmin e Doria anunciam parcerias em programas

Loading...

GERAL

Sem dar detalhes, Alckmin e Doria anunciam parcerias em programas

ARTUR RODRIGUES

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após reunião com todo o secretariado, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) e João Doria (PSDB) anunciaram nesta segunda-feira (9) um pacote de parcerias que contém várias iniciativas, algumas delas requentadas e outras não detalhadas.

As equipes do governador e de Doria, seu afilhado político, se reuniram durante cerca de três horas, em que foram discutidos assuntos de áreas como habitação, saúde e educação."Foi uma reunião extremamente proveitosa. Esse parceria, essa sinergia beneficia o cidadão", disse Alckmin.

Na habitação, foi anunciado início da construção conjunto habitacional com 1.202 apartamentos na região da cracolândia, parte de parceria antiga com a prefeitura, que neste ano expediu o alvará da obra. Ainda nesta área, haverá parceria na regularização fundiária, começando por Heliópolis (zona sul).

Em educação, os tucanos afirmaram que haverá a integração das redes municipal e estadual, sem dar detalhes de quando haverá o início do plano. "Um calendário único, começarmos as aulas e terminarmos juntos, o mesmo número de ciclos, material, pedagógico, enfim, o aluno que sai de uma escola e vai para outra não terá problemas", disse o governador.

Doria disse que os secretários de Educação poderiam dar dados mais aprofundados, mas os titulares das pastas não deram entrevista.

Também na área de ensino, Alckmin afirmou ainda que será criada uma Etec (escola técnica estadual) voltada à produção de games na Lapa (zona oeste).

O governador afirmou que cederá à prefeitura quatro carretas para consultas médicas e enumerou iniciativas nas áreas de emprego, assistência social e segurança.

"Decidimos aqui, a cada três meses, realizar uma reunião conjunta como essa", disse Doria.

"MAL INFORMADO"

O secretário municipal de Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, afirmou que o aumento da integração das passagens entre trilhos e ônibus foi mantido apesar de decisão judicial contrária porque o governo ainda não foi notificado. O Estado aposta em reverter a ordem por meio de recurso.

A Justiça suspendeu na sexta-feira (6) os reajustes das tarifas de integração entre metrô, trens e ônibus anunciadas na semana passada e previstas para o próximo domingo (8). No último dia 30, as gestões municipal e estadual mantiveram as tarifas básicas em R$ 3,80 nos três meios de transporte, mas reajustaram as integrações entre ônibus e trens da CPTM e ônibus-metrô em 14,8% e em até 35,7% nos bilhetes temporais.

A liminar foi resposta a um pedido de suspensão do reajuste feito pela bancada do PT na Assembleia Legislativa. A decisão do juiz Paulo Furtado de Oliveira Filho afirmou que as pessoas que moram em locais mais distantes.

"Infelizmente, o juiz eu acho estava mal informado. Porque o Metrô e a CPTM [Companhia Paulista de Trens Metropolitanos] são integrados há muito tempo. Por R$ 3,80, se você comprar um bilhete no centro, você pode ir para Jundiaí, você pode ir para Mogi das Cruzes", disse.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

28/02/2017 - 07h57

OBITUÁRIO

MARUMBI 28/02

VALDIR RIVELINI, 58 anos

APUCARANA 28/02

GABRIEL BENEDITO REIS DE OLIVEIRA, 20 anos 
GERALCINO GUIMARÃES DE SOUZA, 74 anos 
NATIMORTO, 0 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1907 · 25/02/2017

03 25 35 38 44 48