Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Reeleito, ACM Neto cita Jorge Amado e lembra avô durante posse em Salvador

Loading...

GERAL

Reeleito, ACM Neto cita Jorge Amado e lembra avô durante posse em Salvador

ANDRÉ UZÊDA

SALVADOR, BA (FOLHAPRESS) - Em seu discurso de posse para o segundo mandato à frente de Salvador, o prefeito ACM Neto (DEM) lembrou do seu avô e padrinho político Antônio Carlos Magalhães, ex-governador e senador pela Bahia, morto em 2007.

Ao falar do pai ACM Júnior (também ex-senador), da avó e demais familiares, o prefeito chorou e agradeceu por "sacrificá-los em nome da vida pública".

Reeleito com 74% dos votos válidos, o democrata iniciou o discurso citando versos do escritor Jorge Amado, morto em 2001.

"Da misérias das classes pobres nasce a poesia dessa cidade", disse o democrata, parafraseando o imortal da Academia Brasileira de Letras –deputado federal do antigo PCB (Partido Comunista do Brasil), eleito em 1945, perseguido pela Ditadura de Vargas, mas que terminou a vida amigo do seu avô.

O atual prefeito lembrou da votação expressiva que teve na disputa de outubro de 2016. Ele atribuiu os números a "recuperação do prestígio da cidade". E concluiu negando uma frase de mega astro da música mundial. "Ao contrário do que disse John Lennon, ao fim dos Beatles, o sonho não acabou. O sonho de melhorar continua".

Cotado para a disputa do governo da Bahia em 2018, contra o atual governador e rival político Rui Costa (PT), ACM Neto não tocou no assunto durante a posse. Mas alfinetou o petista. "Enquanto vários lugares do Brasil pioraram, com a crise econômica do país, Salvador melhorou. E sei que isso incomoda muita gente que torce contra", disse arrancando aplausos.

Durante a cerimônia de posse, os vereadores da oposição de Salvador foram vaiados ao se pronunciar contra o atual presidente Michel Temer (PMDB).

Hilton Coelho (PSOL) foi o primeiro a quebrar o protocolo e disparou "Fora, Temer" ao subir na tribuna para dar sua assinatura. A mesma cena se repetiu com a vereadora Aladilce Souza (PCdoB) e Martha Rodrigues (PT), que entoaram as mesmas palavras contrárias ao peemedebista. Em todas as situações o público presente vaiou os oposicionistas.

A Câmara de Salvador é majoritariamente ligada a ACM Neto, aliado do presidente Temer. Dos 43 vereadores eleitos nesta legislatura, 31 compõe a base do prefeito.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas Notícias

OBITUÁRIO

ARAPONGAS 20/01

JOSÉ CARLOS FONTOURA, 58 anos
FRANCISCA AUGUSTA, 74 anos

IVAIPORÃ
RUBENS DE SOUZA
, idade não divulgada

SÃO PEDRO DO IVAÍ 20/01

JOÃO TOMAZ, 74 anos

MEGA SENA

CONCURSO 1895 · 18/01/2017

02 03 05 10 15 34